O Hospital das Clínicas de Botucatu desmentiu a informação de que um homem teria falecido por conta do coronavírus na sua unidade, na tarde deste sábado (28).

Uma mensagem de voz enviada por rede social dava conta sobre o assunto e por isso o 14News entrou em contato com o grupo de enfrentamento do coronavírus e com o próprio HC para esclarecer a todos que receberam o mesmo material no celular.

Uma voz masculina dizia o seguinte: “Pessoal, acaba de ser confirmada a primeira morte por Covid-19 aqui na Unesp. É um senhor, de não muita idade, de 45 anos – da Guarda da Defesa Civil do Município – ele acabou de chegar e contando. E outros seis casos de internados, positivos”, dizia o áudio que foi espalhado pelo WhatsApp.

Todos os casos que chegam à reportagem são checados com as autoridades e responsáveis pelas unidades hospitalares de Botucatu.

Até a noite de sexta-feira (27) o HC da Unesp havia divulgado 11 pacientes internados com suspeita do Covid-19 e uma paciente de 63 anos que teve o primeiro teste com resultado positivo e que aguardava a contraprova. Ela permanecia na UTI com ventilação mecânica. Na Unimed são quatro pacientes internados.