Barra Bonita e Igaraçu do Tietê, cidades vizinhas, registraram uma estatística que vem preocupando a população, autoridades e especialmente as mulheres: juntos, os dois municípios registram 11 casos de estupro apenas no primeiro semestre deste ano.

Para combater esse tipo de violência contra a mulher, as autoridades de Barra Bonita e Igaraçu do Tietê uniram forças para melhorar o atendimento às vítimas e debateram a situação. Polícia Militar e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) reuniram profissionais e agentes públicos para humanizar e melhorar o atendimento às vítimas.

A ideia da iniciativa é fazer com que as mulheres, que preferem buscar o apoio da família, passem a denunciar com mais frequência crimes de violência sexual, medida considerada como a melhor forma para punir os agressores e amenizar a dor das vítimas.

Os dados são da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, que apontam um preocupante crescimento no estado de quase 13% nos casos de violência sexual contra as mulheres. Das milhares de ocorrências, oito aconteceram em Igaraçu do Tietê e três em Barra Bonita.

Segundo a SSP, só no estado foram registrados 6.164 casos de estupro no primeiro semestre deste ano. São quase 700 ocorrências a mais do que no mesmo período do ano passado, quando foram registrados 5.464 casos – uma alta de 12,8%.

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(com informações TV Tem)