Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Botucatu

Estudantes demonstram reanimação para orientar como agir em caso de parada cardiorrespiratória 

A popular massagem cardíaca foi demonstrada na Praça Emilio Peduti (Bosque), em Botucatu, nesta sábado (18) para demonstrar como deve ser feita a reanimação para salvar uma pessoa.

Se alguém tiver conhecimento de como agir pode ajudar, pois cada tempo que demora o socorro chegar, isso pode ser crucial para evitar uma morte.

A parada cardiorrespiratória (PCR) é a causa mais grave da perda da consciência e interrupção do fluxo do sangue. Caso não sejam iniciadas as manobras de reanimação cardiopulmonar a vítima morrerá.

A RCP promove o bombeamento do sangue, substituindo a função do coração até a circulação espontânea. Cada minuto sem as manobras reduz em 10% as chances de a pessoa sobreviver, e após 3 minutos sem esse procedimento, os neurônios começam a morrer, levando a lesões cerebrais irreversíveis.

“Os bonecos são de descartáveis, feitos de materiais recicláveis, onde a gente tenta ao máximo aproximar do que é corpo humano. O intuito é quanto mais pessoas tiverem o conhecimento mais vidas serão salvas, principalmente agora no inverno onde a temporada de morte súbita está aberta, então existe um risco maior de morte subida devido às contrações da coronária”, diz Neto que atua no SAMU.

Segundo o profissional do SAMU, “deve ser feita uma avaliação inicial breve para verificar se a pessoa está respirando, se ela tem pulso, mas na dúvida se está parada e não tem sinais de vida já pode chamar ajuda e iniciar a RCP”.

A atividade foi realizada pelos alunos de medicina da Unesp de Botucatu (Ligas Acadêmicas) com a supervisão do enfermeiro do SAMU lembrando o Dia Nacional de Reanimação Cardiopulmonar.

 

O QUE FAZER?

1 – Reconheça a Parada:

Diante de uma pessoa inconsciente, chame-a vigorosamente. Se ela não não responder ou respirar, é uma possível parada cardiorrespiratória.

2 – Chame ajuda:

Acione o serviço de emergência (ex: SAMU 192) e solicite um DEA (Desfibrilador Externo Automático). Não deixe de chamar ajuda.

3 – Inicie a RCP:

Comprima profundo (no mínimo 5 cm) e rápido (no mínimo 100/ min), até o socorro chegar. Reveze com alguém a cada 2 minutos.

Saiba mais: www.diadareanimacao.com.br

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(do Agência14News)


Notícias similares