Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Geral

SP começa a vacinar idosos com 75 e 76 anos no dia 15 de março 

O Governador João Doria anunciou nesta segunda-feira (8) que a campanha de vacinação contra o coronavírus será ampliada para abranger idosos com 75 e 76 anos de idade. A partir do próximo dia 15, cerca de 420 mil pessoas nestas duas faixas etárias poderão receber a primeira dose em todos os 645 municípios do estado.

“Eu sei que esta é uma grande notícia para as pessoas que têm essa faixa etária de 75 e 76 anos. E é uma grande notícia também para seus filhos, irmãos, netos, todas as pessoas que têm compaixão e amor à vida”, afirmou o Governador.

“Aproveito para pedir que evitem a concentração na manhã do dia 15 para que não tenhamos filas e o desconforto na vacinação nos drive-thrus, seja na capital ou em outras localidades. A vacinação seguirá normalmente das 8h às 17h”, acrescentou Doria.

A imunização em São Paulo começou no dia 17 de janeiro. Até as 12h50 desta segunda, 2.450.584 pessoas já haviam recebido a primeira dose, e outras 845.821 completaram o ciclo vacinal com a segunda dose, totalizando 3.296.405 vacinações em todo o estado.

Os públicos vacinados até o momento são profissionais de saúde, indígenas, quilombolas, idosos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência com mais de 18 anos vivendo em instituições de longa permanência, além de idosos em geral com idade a partir de 77 anos.

Vacina Já

O pré-cadastro no site Vacina Já ( vacinaja.sp.gov.br ) economiza 90% no tempo de atendimento para imunização. O formulário eletrônico leva cerca de um minuto para ser preenchido. Já nos postos de vacinação, em média, a coleta de informações leva cerca de dez minutos.

A ferramenta ajuda a agilizar o atendimento e a evitar aglomerações. Não é um agendamento e o uso não é obrigatório para receber a vacina, mas utilizá-la contribui para melhorar a dinâmica dos serviços de saúde e o atendimento à população.

O pré-cadastro pode ser feito por familiares de idosos ou de qualquer pessoa que integra os públicos previstos na campanha de vacinação.

Vacinômetro

Os números da vacinação no estado podem ser consultados no Portal do Governo de São Paulo, no link vacinaja.sp.gov.br/vacinometro/. O Vacinômetro aponta, em tempo real, quantas pessoas já receberam a primeira e a segunda dose da vacina, inclusive com dados individualizados de cada cidade. A ferramenta também mostra o quantitativo de doses enviadas aos municípios.

Governo de SP entrega mais 1,7 milhão de doses da vacina do Butantan para o Brasil

O Governador João Doria anunciou nesta segunda-feira (8) que o Governo de São Paulo liberou mais 1,7 milhão de doses da vacina do Instituto Butantan contra o coronavírus ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. Com o novo carregamento, o total de vacinas disponibilizadas pelo Butantan ao PNI chega a 16,1 milhões de doses desde o início das entregas, em 17 de janeiro.

“Graças a esse esforço do Instituto Butantan, trabalhando 24 horas por dia, hoje estamos entregando mais 1 milhão e 700 mil doses da vacina do Butantan para o Brasil para que o Ministério da Saúde distribua a todos os estados brasileiros e possa prosseguir a vacinação dos brasileiros de outros estados, assim como dos brasileiros que vivem aqui em São Paulo”, disse Doria.

No dia 3 de março, o Butantan já havia distribuído 900 mil doses ao PNI. Em fevereiro foram entregues cerca de 4,85 milhões de doses.

A produção da vacina segue em ritmo constante e acelerado. Na última quinta-feira (4), uma remessa de 8,2 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), correspondente a cerca de 14 milhões de doses, desembarcou em São Paulo para serem envasados, rotulados e embalados no instituto.

O Butantan vem realizando uma força-tarefa para seguir envasando, em ritmo acelerado, doses para a entrega ao PNI. Uma das ações do Butantan foi, por exemplo, dobrar seu quadro de funcionários na linha de envase para atender a urgência necessária para o momento.

Até o final de março serão entregues 21 milhões de doses da vacina – 17% a mais do que o previsto inicialmente – e, até 30 de abril, o número de vacinas disponibilizadas ao PNI somará 46 milhões. O Butantan ainda trabalha para entregar outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros até 30 de agosto.

Entregas da vacina do Butantan ao Ministério da Saúde:

17/1 – 6 milhões
22/1 – 900 mil
29/1 – 1,8 milhão
5/2 – 1,1 milhão
23/2 – 1,2 milhão
24/2 – 900 mil
25/2 – 453 mil
26/2 – 600 mil
28/2 – 600 mil
3/3 – 900 mil
8/3 – 1,7 milhão

Previsão até 30/4 – 46 milhões (total jan – abril)


Notícias similares