O Governo de São Paulo apresentou a 6ª atualização do Plano SP e prorroga a quarentena até o dia 30/07.

Melhora gradual de índices de saúde flexibilizaram restrições no litoral, interior e Grande SP.

  • REGIÕES NA FASE AMARELA
    Baixada Santista, Registro e as sub-regiões Leste (Alto Tietê) e Oeste (Osasco) da Grande São Paulo. Todas as cidades destas áreas se juntam à capital e às sub-regiões Sudeste (ABC) e Sudoeste (Taboão da Serra) da região metropolitana.
    ➡️ REABERTURA RESTRITA
    Poderão seguir rígidos protocolos sanitários para reabrir bares, restaurantes, salões de beleza com 40% da capacidade, academias com 30% e expediente diário de até seis horas na próxima semana.
  • CIDADES NA FASE LARANJA
    Bauru, Marília, Piracicaba, Presidente Prudente e Sorocaba avançaram da fase vermelha, e permaneceram estáveis as de Araraquara, Barretos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, Taubaté e a sub-região Norte (Franco da Rocha) da Grande São Paulo
    ➡️ REABERTURA RESTRITA
    A etapa laranja permite funcionamento com 20% da capacidade de atendimento presencial em escritórios em geral, imobiliárias, comércio de rua, shoppings e concessionárias. A abertura é restrita a quatro horas diárias, todos os dias, ou seis horas durante quatro dias e fechamento por outros três.
  • REGIÕES NA FASE VERMELHA
  • Araçatuba, Campinas, Franca e Ribeirão Preto
  • ➡️ SERVIÇOS ESSENCIAIS
  • Na fase vermelha, só está autorizado o funcionamento das atividades essenciais

PRÓXIMAS ATUALIZAÇÕES
As três próximas atualizações programadas do Plano São Paulo estão previstas para os dias 24 de julho e 7 e 21 de agosto. Os índices epidemiológicos e capacidade hospitalar são verificados semanalmente e, em caso de piora acentuada, pode haver regressão de fase em caráter extraordinário. Tal medida já foi adotada em 19 de junho, nas regiões de Registro e Marília, e em 3 de julho, na área de Campinas.

  • ESTATÍSTICAS
    Os dados estatísticos referentes aos critérios técnicos que norteiam o Plano São Paulo estão à disposição de qualquer pessoa no boletim completo do coronavírus no estado. Todo o material com mapas interativos, gráficos e tabelas com dados consolidados pode ser consultado ou baixado no site seade.gov.br/coronavirus/, que recebe atualizações diárias

MAIS INFORMAÇÕES:
https://bit.ly/3gMyAJU

Números atuais de casos

Nesta sexta-feira (10) o Estado de São Paulo registra 17.442 óbitos e 359.110 casos confirmados do novo coronavírus.

Dos 645 municípios, houve pelo menos uma pessoa infectada em 632 cidades, sendo 407 com um ou mais óbitos.

Entre o total de casos diagnosticados de COVID-19, 204.531 pessoas estão recuperadas, sendo que 51.515 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 63,8% na Grande São Paulo e 65% no Estado. O número de pacientes internados é de 13.550, sendo 8.259 em enfermaria e 5.291 em unidades de terapia intensiva, conforme dados das 10h30 da manhã de hoje.

Perfil da mortalidade

Entre as vítimas fatais estão 10.081 homens e 7.361 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 74,5% das mortes.

Observando faixas etárias, nota-se que a mortalidade é maior entre 70 e 79 anos (4.242), seguida pelas faixas de 60 a 69 anos (4.068) e 80 e 89 anos (3.495). Entre as demais faixas estão os: menores de 10 anos (23), 10 a 19 anos (34), 20 a 29 anos (142), 30 a 39 anos (581), 40 a 49 anos (1.212), 50 a 59 anos (2.444) e maiores de 90 anos (1.201).

Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (58,5% dos óbitos), diabetes mellitus (43,3%), doenças neurológicas (11%) e renal (9,9%), pneumopatia (8,4%). Outros fatores identificados são obesidade (7%), imunodepressão (6,1%), asma (3,1%), doenças hepáticas (2,2%) e hematológica (1,9%), Síndrome de Down (0,5%), puerpério (0,1%) e gestação (0,1%). Esses fatores de risco foram identificados em 13.986 pessoas que faleceram por COVID-19 (80,2%).

Perfil dos casos

Entre as pessoas que já tiveram confirmação para o novo coronavírus estão 169.689 homens e 189.159 mulheres. Não consta informação de sexo para 262 casos.

A faixa etária que mais concentra casos é a de 30 a 39 anos (87.295), seguida pelas faixas de 40 a 49 (78.395), 50 a 59 (55.835), 20 a 29 (54.539), 60 a 69 (33.295), 70 a 79 (18.058), 10 a 19 (12.251), 80 a 89 (9.618), menores de 10 anos (6.829) e maiores de 90 (2.761). Não consta faixa etária para outros 234 casos. A relação de casos e óbitos confirmados por cidade pode ser consultada em: www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus.

Dados atualizados em 10/07 – 15h