Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Região

Prefeitura de Jau solicita auxílio no combate ao Aedes Aegypti 

A Prefeitura de Jau, por meio da Secretaria de Saúde, novamente solicita a ajuda da população no combate ao Aedes Aegypti no Município.

“Com as chuvas intensas dos últimos dias, precisamos ficar atentos aos criadouros do mosquito. Estamos encontrando vários focos nas residências, especialmente em vasos. Solicitamos a colaboração e a conscientização dos jauenses para fiscalizar todos os locais das casas para não deixar água parada. Além disso, não devemos jogar lixo em terrenos, praças ou construções. Esse auxílio é de suma importância. A Secretaria e a cidade precisam de vocês para vencer essa guerra. O perigo é para todos. O combate também é de todos. Se o mosquito Aedes Aegypti pode matar, ele não deve nascer”, reforça a secretária de Saúde, Márcia Nassif.

Alguns cuidados na prevenção e combate ao Aedes Aegypti:
– utilize telas em janelas e portas, use roupas compridas, e, se vestir roupas que deixem áreas do corpo expostas, aplique repelente nessas áreas;
– fique, preferencialmente, em locais com telas de proteção, mosquiteiros ou outras barreiras disponíveis;
– tampe os tonéis e caixas d’água; mantenha as calhas sempre limpas;
– deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
– mantenha lixeiras bem tampadas; deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
– limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
– limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
– retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa;
– cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas;
– limpe ralos e canaletas externas;
– atenção com bromélia, babosa e outras plantas que podem acumular água; – deixe lonas usadas para cobrir objetos bem esticadas para evitar formação de poças d’água;
– verifique instalações de salão de festas, banheiros e copa;
– cuidado com os pneus que ficam velhos e acumulando água da chuva;
– acondicione o lixo em sacos plásticos bem fechados;
– não jogar lixo em terrenos baldios.

(com assessoria)


Notícias similares