Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Região

Ministério da Saúde habilita 10 leitos de UTI em Lençóis Paulista 

O Ministério da Saúde liberou na sexta-feira (7) o credenciamento de 10 leitos de UTI (Unidade Intensiva de Tratamento) destinados ao enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19) em Lençóis Paulista. Com a habilitação, o município deve receber um repasse mensal de R$ 480 mil por um período de 90 dias, que pode ser prorrogado, se houver a necessidade.
O pedido para o credenciamento da UTI foi registrado em maio e, em 31 de julho, quando o superintendente Estadual do Ministério da Saúde, José Carlos Paludeto, visitou a cidade. Com a aprovação, o valor destinado ao município deve ser depositado em até 30 dias.

Assim que chegar o repasse, os recursos serão encaminhados ao Hospital Nossa Senhora da Piedade. O dinheiro pode ser usado pela instituição para atender aos protocolos técnicos de tratamento da Covid-19, que inclui compra de medicamentos, de equipamentos – se necessário – e também a contratação de profissionais, desde que as ações estejam de acordo com o que consta no aviso de credenciamento do Ministério da Saúde.

Com o montante vindo da União o município terá um alívio nas despesas de enfrentamento à doença e não precisa mais destinar cerca de R$ 250 mil mensais para manter a UTI Covid em funcionamento.

A cidade vai ter um fôlego para investir em outras ações, isso porque, desde o início da pandemia, os pacientes internados na UTI Covid eram custeados com recursos próprios da cidade.

Para a população, o atendimento realizado na UTI não terá alterações. A unidade continua a oferecer leitos de baixa e média complexidades e, quando necessário e mediante a disponibilidade de vagas, encaminha os pacientes de alta complexidade para centros hospitalares da região, como o Hospital Estadual de Bauru, que é a referência de tratamento para dezenas de cidades.


ESTRUTURA
Desde abril, quando a pandemia começou a avançar para o interior paulista, o Hospital Piedade se adaptou para tratar pacientes com o novo coronavírus. A área do futuro Centro de Hemodiálise foi transformada no Pronto Atendimento Covid. As obras foram viabilizadas por meio de doações de empresas, entre elas a Bracell, que investiu cerca R$ 1 milhão nas adequações do espaço e doou diversos equipamentos e respiradores. O local oferece 12 leitos exclusivos de UTI, sendo que agora 10 deles passam a ser mantidos pelo Governo Federal.

No boletim divulgado pela Prefeitura Municipal na noite da sexta-feira (14), dos 12 leitos de UTI disponíveis no Hospital Piedade, apenas dois estavam ocupados, o que indica taxa de ocupação de 16%. Até a data, a cidade contabilizava 2.147 casos, sendo 34 óbitos, 100 ativos e 2.013 recuperados. De 11.273 testes realizados, 8.847 tiveram resultado negativo e outros 279 aguardavam diagnóstico.


Notícias similares