Um policial reformado foi preso nesta terça-feira (22) acusado de tentar aplicar golpe em correntistas do Banco do Brasil, no centro de Botucatu.

Segundo as informações, ele tentou se passar como funcionário de um advogado e chegou até correntistas que tinham ações na justiça para receber no INSS em valores como de R$ 122.800,00.

Policiais da DIG – Delegacia de Investigações Gerais receberam informação do que estava acontecendo e se dirigiram até a agência onde montaram campana, evitando que as vítimas caíssem no golpe.

O policial reformado de 59 anos foi encaminhado até a 1ª Central da Polícia Civil onde foi autuado em flagrante e em seguida encaminhado ao Presídio Romão Gomes, em São Paulo. O nome do policial não foi divulgado.

A Polícia havia divulgado pela manhã que o policial da reserva de iniciais J.A.M. poderia estar tentando se passar por advogado, mas essa informação não chegou a ser comprovada por enquanto.

Uma das vítimas tem 47 anos e mora em São Manuel. Estiveram no caso os policiais Virgilio, Afonso, Cristiano e Janis, com o delegado Celso Olindo. (Do Agência14News).

PARDINHO

Um dia antes a polícia também prendeu 3 pessoas de São Bernardo do Campo tentando sacar dinheiro na cidade de Pardinho usando CNH falsificada. Os funcionários desconfiaram e chamaram a polícia que prendeu os homens que colocavam suas fotos nas CNHs das vítimas. O saque de cada conta seria no valor de 5 mil reais. Neste caso atuou as polícias Civil e Militar.