Na noite deste domingo (09), os policiais do TOR-Tático ostensio Rodoviário, durante operação em combate à ilícitos penais, na SP 280-Rodovia Castello Branco, região de Itatinga, abordaram um veículo GM/Kadett Ipanema, com placas de São Paulo/SP, conduzido por um homem de 58 anos.

Os policiais do TOR solicitaram os documentos de porte obrigatório do veículo e do condutor e ao verificaram a CNH 9 Carteira Nacional de Habilitação), desconfiaram que possuia indícios de falsidade. 

Ao realizarem consulta ao banco de dados, os policiais militares rodoviários confirmaram que o homem não possuía registro de habilitação, sendo também inválido o número de registro constante na CNH apresentada.
 
Indagado a respeito, o homem informou que comprou a CNH pelo valor de R$1.200,00 em São Paulo, próximo ao PoupaTempo, depois de ter sido reprovado em exame teórico e que não sabe nem o nome da pessoa que lhe vendeu o documento.

Diante dos fatos, o condutor foi preso em flagrante por uso de documento falso e encaminhado à Delegacia de Plantão de Itatinga onde foi elaborado Boletim de Ocorrência. Após ser ouvido, o condutor acabou liberado para posterior inquérito policial. A CNH falsa ficou apreendida para perícia e o veículo foi liberado a um condutor habilitado.

O homem ainda comentou que se sentiu prejudicado, já que acreditou que o documento seria verdadeiro e durante uma fiscalização da Polícia, passaria despercebido.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news 

(com Assessoria de Imprensa)