Seis pessoas de uma mesma família que morreram em um acidente, na noite de domingo (01), na Rodovia João Mellão, em Pratânia (SP) foram veladas nesta terça-feira (03), no ginásio municipal de Sumaré “José Ferreira”.

Amigos e familiares aguardavam desde a madrugada pelos corpos que chegaram após às 8h. “A gente fica bastante comovido. Não tem nem o que falar”, lamentou o amigo Cristiano Silva, de Sumaré. 

Durante a despedida, pessoas da Congregação do Cristã fizeram várias orações. A irmã do motorista passou mal e teve que ser atendida pelo SAMU.

Os corpos seriam encaminhados para Pirapenas no Maranhão. 

“Fiquei sabendo do acidente por volta das 21h. Fui recebendo informações e depois reconheci a foto do carro. É muito difícil para gente perder a família toda assim, mas eu sou único irmão mais próximo, então tem que ser forte. Tive que vir, reconhecer os corpos, estou tentando ficar em pé”, disse o irmão que foi reconhecer os corpos em Botucatu. 

O motorista tinha ido com a família passar a Páscoa na casa do irmão Antônio, em Águas de Santa Bárbara (SP). No retorno houve o acidente. Segundo a polícia rodoviária, o motorista tentou fazer ultrapassagem em local proibido e bateu de frente em uma carreta. 

O irmão disse que o motorista não bebia e não aparentava cansaço. 

O motorista do carro, Ismael Pires, de 44 anos, viajava com a mulher, Laurinda Silva Pires, de 38, com os filhos, Ismael Pires Filho, de 16, Israilary Tainara de Sousa Pires, de 14, e Israel Pires Filho, de 12, com a neta, Taynara Vitória de Sousa Pires, que completaria no dia 16 deste mês 2 anos, e com a namorada do filho mais velho, a única sobrevivente. Ela continua internada no Hospital das Clínicas de Botucatu.

Veja o vídeo do G1.

 

(do Agência14News com G1 – Imagens G1)