Na madrugada desta sexta-feira (02), a PM realizava patrulhamento pelo Jardim Brasil, quando na rua Carolina Alves Bavia com a rua José Maria Godoy depararam-se com um barman de 22 anos em contato com dois veículos, sendo que ao notar a aproximação da viatura policial evadiu-se do local sendo acompanhado pelo encarregado da viatura por cerca de 30 metros, quando pulou o muro de sua residência na Rua Jorge Amando, indo deita na cama junto a sua mãe.

Em seguida, o cabo Raul chegou ao local e junto do cabo Forner entrou na residência abordando o suspeito no quarto da mãe, que acompanhou a abordagem e a revista no local, onde foi localizado dentro do guarda roupas a quantia de R$ 362,00 em notas diversas bem como a blusa e boné que o mesmo estava usando anteriormente.

Em seguida, retornando ao local onde o jovem havia sido surpreendido realizando a venda do entorpecente foi localizado no chão, um saco transparente contendo 16 porções de maconha, 16 pinos de cocaína e 13 pedras de crack todas embaladas individualmente e prontas para a venda.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão, sendo o mesmo conduzido ao plantão permanente onde após tomar ciência dos fatos o delegado de plantão Dr. Geraldo Franco Pires, determinou a prisão por tráfico de drogas na Cadeia de Itatinga. A mãe, uma contadora de 38 anos presenciou quando foi localizado a roupa e o dinheiro bem como a confissão do filho no envolvimento com o tráfico de entorpecente.

GAPE – A Guarda Civil Municipal de Botucatu, através da equipe do GAPE (Grupo de Ações Preventivas Especiais) recebeu nesta quinta-feira (01), denúncia anônima de que um rapaz de bermuda rosa e camisa azul, estava traficando pelo Jardim Monte Mor.

A GCM compareceu ao local, com o inspetor Pichinin e o guarda Lourenço quando percebeu um jovem deixando um terreno e dando a volta no quarteirão. Neste momento, os guardas abordaram duas jovens e perguntaram se tinham informações sobre o mesmo. Uma delas disse que estava “ficando” com ele e que naquele momento se encontrava na casa dela.

Os guardas seguiram até a residência, a jovem autorizou a entrada e eles abordaram o suspeito de 21 anos que imediatamente negou os fatos. A GCM então decidiu ir até uma moita no terreno e encontrou 14 pedras de crack, 5 parangas de maconha e 5 papelotes de cocaína.

O suspeito foi levado para a delegacia na presença de seu advogado, Marco Aurélio Capelli Zanin, onde foi autuado em flagrante pelo delegado de plantão Dr. Antenor de Jesus Zeque e descobriu-se que o mesmo havia saído da cadeia há 4 meses, onde cumpriu pena por tráfico de drogas. Os guardas informaram que semanas atrás receberam a informação de alguns menores que este rapaz é gerente do tráfico na região. Ele foi encaminhado  à Cadeia Pública de Itatinga.