Um aposentado de 66 anos está sendo investigado pela Polícia Civil, acusado de estupro contra uma menina de 8 anos, no distrito de Rubião Jr, em Botucatu.

Consta em Boletim de Ocorrência (BO) que o caso chegou primeiro ao Conselho Tutelar que estava levando a menina a um abrigo da cidade por conta da suspeita do crime sexual, por volta das 10h40 dessa sexta-feira (14).

A Guarda Municipal foi chamada e acompanhou o caso. A menina contou que vai à casa do aposentado que é seu vizinho para limpar o imóvel em troca de doces, mas ele nunca dá esses produtos prometidos.

A criança contou Ainda que o aposentado passou as mãos em suas partes íntimas e que já tentou agarrá-la várias vezes. Na oportunidade de ter passado as mãos pelo seu corpo, a menina nem o aposentado teriam ficado sem roupa, segundo consta no BO, mas somente o ato libidinoso pela lei é considerado crime.

A menina ainda contou à GCM e à Polícia Civil que o aposentado a ameaçou caso contasse algo para a sua tia com quem mora ou a seu pai, dizendo que todos seriam mortos por ele.

O caso foi registrado pela delegada Rose Mary Ribeiro Dias e segue em investigação. O homem responde em liberdade. A menina foi levada a um abrigo pela conselheira Tutelar Rose, pois dizia que não queria mais voltar para a casa da tia.

Também foi apreendido na casa do aposentado um caderno com nomes de crianças e adolescentes, que será alvo de apuração policial.

O caso foi atendido pelos guardas Batista e Di Santis.

Veja também – Polícia investiga estupro contra criança de 2 anos.