Agentes de segurança da Penitenciária “Orlando Brando Filinto” de Iaras apreenderam, nesta terça-feira (1), porções de maconha escondidas em pães de forma e em pacote de fumo. Ao todo, foram realizados três flagrantes, durante vistoria em encomendas enviadas por Sedex pela mãe, irmão e esposa dos presos.

A descoberta se deu durante procedimento de revista em produtos que chegam pelos Correios aos reeducandos. A vistoria ocorreu, inclusive, na presença dos destinatários.

No primeiro flagrante, a equipe apreendeu 110 gramas da droga, nas encomendas enviadas pela mãe do detento. As outras duas apreensões contabilizaram 123 e 118 gramas de maconha cada, enviadas pelo irmão e esposa dos sentenciados, respectivamente.

INVESTIGAÇÃO

A unidade registrou boletim de ocorrência para investigação da Polícia Civil. Também foi instaurado procedimento disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam as drogas.

Tubos de creme dental

Agentes de segurança do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) I “Dr. Alberto Brocchieri” de Bauru apreenderam, nesta quarta-feira (2), maconha sintética conhecida como k4 escondida em filtros de cigarros e dentro de tubo de creme dental.

A droga foi enviada por Sedex pela avó (45 micropontos em cigarros) e irmã (quatro pedaços de papéis em dois tubos de pasta de dente) de detentos, em duas ocorrências distintas.

A equipe flagrou os entorpecentes durante revista manual de rotina realizada nas encomendas que chegam aos reeducandos. A vistoria ocorreu, inclusive, na presença dos destinatários.

INVESTIGAÇÃO

A unidade registrou boletim de ocorrência para investigação da Polícia Civil. Também foi instaurado procedimento disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam as drogas.