A Prefeitura de Botucatu lançou nesta quinta-feira (17), o Programa “Botucatu Em Frente”. A inciativa, coordenada pelas Secretarias de Assistência Social e Desenvolvimento, e pelo Fundo Social de Solidariedade, irá promover oportunidades de trabalho, qualificação profissional e renda para pessoas vulneráveis que são atendidas pelos Centros de Referência a Assistência Social (CRAS) de Botucatu.

Os 50 selecionados pelas equipes da Secretaria de Assistência Social, após acompanhamento durante pelo menos um ano, cumprirão uma jornada de 30 horas semanais e receberão bolsa-auxílio no valor de R$ 500,00, auxílio alimentação mensal acesso à qualificação profissional por meio de cursos da Universidade do Trabalhador e Empreendedor (UNITE) e Fundo Social de Solidariedade, seguro em caso de acidente e serão acompanhados pelos CRAS.

“São 50 famílias que serão representadas neste programa e que atuarão no embelezamento da nossa Cidade. O principal objetivo é oferecer dignidade a essas pessoas através do trabalho, da capacitação e do acompanhamento da Assistência Social”, afirma o Prefeito Pardini.

O programa “Botucatu Em Frente” será viabilizado graças aos recursos do Fundo Social de Solidariedade, adquiridos por meio de acordo com a empresa que gerencia o sistema de vale-alimentação dos servidores municipais, a Verocheque. A licitação para a prestação do serviço tinha como condição que do montante arrecadado pela empresa, uma porcentagem seria repassada ao Fundo Social.

“Além de ganhar uma renda, os participantes terão que realizar cursos de seu interesse. Isso dá mais garantia de que o nosso principal interesse seja alcançado, o de conseguirem vaga em uma empresa ou despertar a vocação empreendedora para dar início ao próprio negócio que beneficie suas famílias”, finaliza Pardini.

(com assessoria)