A Organização de Procura de Órgãos (OPO) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) foi homenageada pelo Sistema Estadual de Transplantes (SET) por ajudar o Estado de São Paulo a cumprir a meta de mil captações de órgãos no ano de 2017.

Todas as OPOs estaduais foram homenageadas, cada uma por sua colaboração, e receberam uma placa simbólica. Em 2017, a OPO do HCFMB realizou 22 captações, o que reflete em uma melhora significativa do número de doações, comparado ao ano de 2016.

Segundo o site oficial da Secretaria da Saúde (SES), o Estado de São Paulo responde atualmente por cerca de metade dos transplantes realizados em todo o país. Ainda em 2017, a SES registrou a realização de 2,2 mil transplantes simples, sendo eles coração, pâncreas, fígado, pulmão e rim. A proposta é continuar aumentando ano a ano o número de doadores e, consequentemente, de transplantados. 

A OPO do HCFMB é responsável por diagnosticar potenciais doadores de órgãos e tecidos, organizar e apoiar o processo de doação e transplantes em cerca de 50 municípios da nossa região e em alguns casos, até de outros estados.

Dr. Laércio Stefano Martins, coordenador da OPO do HC, comentou a homenagem recebida. “A doação de órgãos de um ente querido é um processo delicado, que pode salvar muitas vidas. Nossa equipe entende e trabalha intensamente nesse processo, focando sempre na humanização e no acolhimento à família. Agradeço ao SET e a todos da OPO por este reconhecimento tão importante”, finalizou.  

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(com Assessoria de Imprensa)