Uma oficina será realizada em Botucatu (SP) para abordar a confecção de iscas de abelhas sem ferrão. 

O trabalho pode ser feito com a Guaraipo, uma abelha nativa sem ferrão de ocorrência nas regiões mais ao sul do Brasil, inclusive em países vizinhos.

“O Brasil possui uma das maiores biodiversidades de espécies de abelhas sem ferrão, com mais de 300 espécies. São os principais polinizadores de nossa flora nativa e muitas espécies estão com risco de extinção em virtude dos desmatamentos e do uso indiscriminado de agrotóxicos. Dessa forma, sua conservação se faz necessário e uma das forma de se ajudar em sua propagação é por meio da criação, chamada de meliponicultura. Por serem animais silvestres, sua retirada da natureza se constitui como crime ambiental, assim, uma das maneiras mais adequadas para adquirir enxames é através do uso de iscas”, disse Maurice Scaloppi, do grupo de abelhas sem ferrão de Botucatu.

O evento será nesse sábado (29), das 9h às 12h00 no Centro Receptivo do Parque Municipal de Botucatu que fica na Rua Dr. José Barbosa de Barro, s/n.

Contato e informações: (19) 983-588423 (Maurice Scaloppi).

Para se inscrever clique neste link.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(do Agência14News)