Um grupo de pessoas está propondo ao Ministério Público que se evite o funcionamento do comércio em drive thru, nesta sexta-feira, 1º de maio.

O documento foi apresentado ao MP e deve ser avaliado pela promotoria e a justiça de Botucatu.

O manifesto assinado por vários profissionais, como da saúde, questiona que algumas cidades tiveram que voltar na decisão, e que pode haver pico do novo Coronavírus em maio.

O prefeito Mário Pardini disse que Botucatu não está adotando medidas como de São José dos Campos, onde abriu-se comércio e shoppings, e em Botucatu terá uma ação mínima para manter empregos e financiar folha de pagamentos.

Pardini disse que é hora da cidade se unir. E que a decisão em Botucatu foi técnica e somente no sistema de compras sem sair do carro.

Veja na íntegra do decreto que autoriza o funcionamento parcial do comércio.