Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Botucatu

Centro de Referência de Saúde da Mulher vai garantir exames gratuitos para pacientes a partir dos 40 anos 

Na manhã desta quinta-feira (12), o Prefeito Mário Pardini formalizou o convênio que garante mais um grande investimento na Saúde municipal. Exames de mamografia, ultrassons de mama e obstétricos passam a ser disponibilizados exclusivamente pelo Município, de graça, através Centro de Referência de Saúde da Mulher.

O espaço fica no Centro de Diagnósticos de Doenças de Mama, na região central de Botucatu, e realizará por ano 700 mamografias, 100 ultrassons de mama e 120 ultrassons obstétricos, somando um investimento aproximado de R$700 mil.

“Vamos aperfeiçoar os serviços e agregar qualidade ao atendimento as mulheres botucatuenses. Estamos assumindo um trabalho que até o inicio do ano era bancado pelo Governo do Estado para toda a região. Agora, graças aos esforços orçamentários, será exclusivo das botucatuenses, o que diminui drasticamente o tempo de espera pelo diagnóstico de doenças como o câncer de mama”, afirma o Prefeito Mário Pardini.

“Quando soubemos que não poderíamos mais contar com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde, ficamos bastante preocupados, porque sabemos que um diagnóstico rápido e de qualidade é essencial para uma paciente que está com suspeita de câncer de mama. Nosso esforço foi tão grande, que conseguimos manter os 450 exames que o Estado pagava e ainda acrescentamos mais 250”, explica André Spadaro, Secretário Municipal de Saúde. 

Em outros municípios do País, só são atendidas por exames mamográficos de imagem mulheres com idade entre 50 a 69 anos. Em Botucatu, o atendimento será mais abrangente, já que os exames serão realizados em pacientes a partir dos 40 anos, faixa etária em que são encontrados 30% dos tumores.

“Essa atitude de assumir a responsabilidade dos exames, demonstra o compromisso que este governo tem com a saúde da mulher no Município. É algo que vai contra o que vemos no resto do país, onde há filas enormes para que elas consigam um exame. E se não houvesse essa atitude do Prefeito e do Secretário de Saúde, iriamos ter que fechar as portas para o atendimento gratuito, já que a tabela SUS está congelada há 8 anos”, afirma o ginecologista e diretor do Centro de Doenças da Mama, Marcus Guazelli.

Durante a cerimônia de formalização do convênio, que contou com a presença das vereadora Jamila Cury Dorini e Rose Ielo, o Secretário de Saúde, André Spadaro, entregou os primeiros exames realizados na manhã desta quinta-feira, 12, por meio do convênio com a Prefeitura. A diarista Suelene Pires Machado foi uma das mulheres que fizeram o exame e conta que ficou surpresa com a agilidade e qualidade do serviço.

“Agendei meu exame há dois dias. Nas últimas vezes que precisei, sempre esperei cerca de dois meses, por isso fui surpreendida com a agilidade. Eu faço esse exame com frequência por ter histórico de câncer de mama em minha família e me sinto aliviada em saber que não vou esperar tanto tempo quando precisar de uma mamografia de novo”, explica Suelene.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o INCA, 600 mil novos casos de câncer serão registrados no Brasil em 2018. Desses, quase 60 mil serão câncer de mama em mulheres, de acordo com a estimativa.

 
Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(com Assessoria de Imprensa)


Notícias similares