A Câmara Municipal de Botucatu vai ser palco de uma importante Audiência Pública na terça-feira (22), a partir das 19h30, que vai colocar em discussão um tema polêmico na cidade: a perturbação de sossego por conta das festas universitárias. O encontro acontece devido a um pedido apresentado pelo vereador Lelo Pagani (REDE).

De acordo com o documento encaminhado pelo legislador, a Ouvidoria da Unesp de Botucatu tem recebido reclamações sobre o assunto, sendo que, muitas delas, são relacionadas a repúblicas de estudantes da instituição. Além disso, o tema já foi tratado diversas vezes na Casa de Leis com requerimentos e reuniões.

Para Lelo Pagani, a expectativa é de que o problema ganhe um novo direcionamento. “A reclamação da população é muito grande quanto às festas que acontecem, sobretudo em dias úteis, com horários inapropriados e excesso de barulho nas repúblicas universitárias. Uma situação que traz muito transtorno aos moradores vizinhos, que quase sempre precisam acordar cedo para o trabalho, estudos ou até em residências com enfermos e idosos”, explica.

O tema deverá ser bastante debatido, uma vez que diversos serviços já confirmaram presença, além de estudantes e representantes de repúblicas da cidade. O evento será aberto à participação popular e acontece na Câmara Municipal de Botucatu, que fica na Praça Comendador Emílio Peduti, 112 – Centro. Quem não puder comparecer, pode acompanhar a transmissão ao vivo pelo portal do Legislativo no www.camarabotucatu.sp.gov.br.