A Prefeitura de Botucatu, através da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, promove na próxima quinta-feira (25) um Encontro Regional de Trânsito alusivo ao Maio Amarelo. Ele será realizado no Salão Nobre da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB), no campus de Rubião Júnior, a partir das 13h30. As inscrições para este encontro são gratuitas e podem ser feitas pelo www.inscricoes.fmb.unesp.br/principal.asp.

O evento contará com a presença de diversas autoridades com a proposta de debater sobre mobilidade urbana e a redução no número de acidentes de trânsito. Entre eles, o diretor da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), Dr. Dirceu Rodrigues Alves Jr., que ministrará uma palestra sobre velocidade e energia do movimento. No final ainda serão apresentados os dados relativos aos acidentes de trânsito em Botucatu.
 
Sobre o Maio Amarelo
O Movimento Maio Amarelo nasce com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Trata-se de uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar a segurança viária como tema principal e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos.
 
Acompanhando o sucesso de outros movimentos, como o “Outubro Rosa” e o “Novembro Azul”, os quais, respectivamente, tratam dos temas câncer de mama e próstata, o “Maio Amarelo” estimula a promoção de atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito.
 
O tema deste ano do Maio Amarelo é “Minha escolha faz a diferença”. Dados dão conta de que 90% dos acidentes de trânsito têm como causa o fator humano: imperícia, imprudência, desatenção e desrespeito às regras. Ou seja, a iniciativa enfatiza que com a mudança de comportamento é possível reverter o quadro de mortes em vias e rodovias brasileiras, que em 2014 chegou a mais de 43 mil.
 
Além da dor da perda, da contração de invalidez permanente, entre outros prejuízos, ao acidentes de trânsito no Brasil geram custo da ordem de R$ 56 bilhões ao Estado, recursos que poderiam ser aplicados em benefícios sociais com, por exemplo, a construção de escolas, de hospitais, entre outros.
 
Botucatu participa das ações alusivas ao Maio Amarelo desde 2015. Vale lembrar ainda que desde 2011 Botucatu é signatária do pacto pela Década Mundial de Segurança Viária, cuja proposta é reduzir em 50 % o número de vítimas fatais no trânsito até 2020. Ações do Maio Amarelo são desenvolvidas em todos os estados brasileiros e em outros 26 países nos cinco continentes.
 
Mais informações sobre este movimento no site maioamarelo.com.
 
Serviço
Faculdade de Medicina de Botucatu
Acesso pelas rodovias Antônio Butignolli e Domingos Sartori
Distrito de Rubião Júnior, s/nº
 
Confira os vídeos promocionais do Maio Amarelo 2017:
https://www.youtube.com/watch?v=GqMh73UmLSo
https://www.youtube.com/watch?v=d5HJPSSpkxU

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news 

(com Assessoria de Imprensa)