O Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (INFOSIGA-SP) divulgou os dados referentes aos óbitos no trânsito registrados em novembro deste ano. O levantamento apontou que Botucatu registrou duas mortes no mês, assim como em 2016.

Apesar dos dois casos, no acumulado, Botucatu manteve a redução nas mortes em 73% em 2017. No ano passado foram registrados 37 óbitos entre janeiro e novembro, contra 10 deste ano.

“As mortes no trânsito de Botucatu começaram a reduzir a partir de julho do ano passado, quando aderimos ao Movimento Paulista de Segurança no Trânsito e passamos a adotar redução de velocidade e reforço das sinalizações no Centro. Neste ano, nos meses de fevereiro, março, abril, maio, agosto e setembro não tivemos mortes e podemos atribuir isso às campanhas educativas que desenvolvemos, como o Maio Amarelo e a Semana Nacional do Trânsito, em setembro”, destaca Rodrigo Fumis, Secretário Adjunto de Mobilidade Urbana.

Botucatu faz parte do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, um programa que reúne cidades do Estado de São Paulo e estabelece metas para a redução das mortes no trânsito. O objetivo é reduzir pela metade os óbitos relacionados ao trânsito em todo o Estado. Botucatu já atingiu a meta em menos de um ano desenvolvendo as ações designadas pelo Movimento.

Mais de R$ 1 milhão para o trânsito

No início de dezembro, o Prefeito Mário Pardini assinou, junto ao Detran, um convênio que liberará para Botucatu R$ 1,1 milhão para investimento em melhorias no trânsito da Cidade. A conquista da verba teve participação importante do Deputado Estadual Fernando Cury, que intermediou reuniões junto a presidência do órgão estadual.

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(com Assessoria de Imprensa)