O restaurante Bom Prato de Botucatu celebrou, nesta terça-feira (6), um ano de funcionamento. No total já foram servidas 390.443 refeições:  326.971 almoços e 63.472 cafés da manhã.

O Bom Prato Botucatu funciona em parceria com o Instituto J. Augusto com repasse de custeio e investimento de R$ 1.732.874,21 ao ano pelo Governo do Estado de São Paulo.  Diariamente são oferecidos 1.500 almoços e 300 cafés da manhã.
 
O almoço comemorativo contou a presença da secretária adjunta de Estado de Desenvolvimento Social, Marina Bragante; deputado Estadual, Fernando Cury; prefeito de Botucatu, João Cury Neto; vice-prefeito, Antonio Luiz Caldas Júnior; superintendente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), Dr. Emílio Carlos Curcelli e a presidente do Instituto J. Augusto, Regina Augusto. Também estiveram presentes no evento prefeitos da região, vereadores e outras autoridades.
 
A unidade ofereceu um cardápio especial de aniversário com salada arco-íris (repolho, pepino, tomate e beterraba), carne assada ao molho madeira, macarrão com brócolis e bacon, além de suco de frutas vermelhas e de sobremesa, bolo. O Bom Prato de Botucatu está localizado no campus da Unesp, no Distrito de Rubião Júnior. Ele foi a 50º unidade implantada pelo Governo do Estado e contou com o apoio da Prefeitura de Botucatu e da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu.
 
Refeição com dignidade
De acordo com a secretária adjunta de Estado de Desenvolvimento Social, Marina Bragante, são servidas nove refeição por minuto na unidade de Botucatu e toda a demanda tem sido atendida.
 
“O novo modelo de restaurante popular dentro da Unesp tem ajudado a milhares de pacientes das cidades vizinhas que são atendidas nas consultas e exames. Muitos ficavam horas sem poder se alimentar, bem como seus acompanhantes. Portanto, estamos comemorando um ano de uma grande conquista não só para a população local, mas para a região. Até agora, o Bom Prato de Botucatu é o único que é voltado para a Saúde e estamos pensando em implantar um na capital, no Hospital das Clínicas, e outro em Barretos, para atender também a demanda aquela região”, informa.
 
Em seu discurso o prefeito João Cury Neto, destacou que o Bom Prato foi uma das conquistas mais importantes, não apenas para Botucatu como para toda a região que utiliza os serviços do Hospital das Clínicas.  Ele relembrou a trajetória para implantação do equipamento, que envolveu toda a classe política dos 70 municípios que enviam pacientes para consultas e exames no local e as assinaturas que foram arrecadadas pelo seu irmão e deputado estadual, Fernando Cury, e encaminhadas ao governador do Estado.
 
“Nosso grande desafio foi mostrar para todos que esta não era uma obra só para Botucatu e sim para toda região que é atendida no Hospital das Clínicas. O Bom Prato de Botucatu é o exemplo que quando nos unimos com um objetivo comum somos capazes de transformar vidas. As pessoas vinham aqui de outras cidades, saiam de madrugada de suas casas e não tinham condições de pagar por uma refeição digna. Às vezes passavam o dia com um salgadinho. Agora, com o Bom Prato, elas almoçam uma refeição saudável e de qualidade por R$1 e o café da manhã por R$0,50”, enfatiza o prefeito.
 
João Cury ainda salienta que o Bom Prato de Botucatu não é um espaço utilizado apenas para servir alimentos. O restaurante também tem recebido cursos de qualificação na área de culinária e gastronomia.
 
“Este é um espaço múltiplo, construído com dinheiro da população do Estado de São Paulo e revertendo os impostos pagos em beneficio da mesma. O espaço está aberto para outras cidades promoverem também cursos na área de culinária”, informa.
 
Sobre o Bom Prato
Desde outubro de 2016, o Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds), aumentou em 10,09% o subsídio das refeições para as entidades gestoras do Bom Prato.
 
Com isso, o valor repassado pelo governo passou de R$ 4,81 para R$ 5,19 para o almoço e de R$ 1,53 para R$ 1,63 para o café da manhã. Para a população o valor do almoço continua a R$ 1,00 e o café da manhã a R$0,50. A rede de restaurantes Bom Prato serve diariamente mais de 84 mil refeições.
 
Atualmente há 51 unidades no Estado, sendo 22 localizadas na Capital, oito na Grande São Paulo, seis no litoral e 15 no interior.