A rampa de voo livre de Botucatu “A Base da Nuvem” que possibilita um dos mais belos visuais da região de Botucatu e do Estado de São Paulo foi fechada para somente funcionar com visitas programadas.

Isso ocorreu após muitos problemas enfrentados pelos donos do local. “O proprietário da rampa está ordenando as visitas e pretende fazer melhorias para melhor atender a população e turistas. Os sócios da rampa de voo têm acesso normal, pois todos tem sua chave. O proprietário resolveu mais uma vez fechar a rampa, mesmo depois de tê-la reaberto à população sem cobrar taxa alguma. Infelizmente o mau uso e depredação do mirante continuou. Estava sendo encontrado lixo no local, quantidade absurda de bitucas de cigarro, fogueiras em todo o gramado, e marcas de cavalinho de pau no gramado onde não pode entrar carro”, disse Chris Vieira, uma das pessoas ligadas à agência que monitora o ponto turístico localizado em uma área particular.

Chris Viera diz que, Rafael Corvino, que também é o investidor do local, decidiu monitorar a visita após procura de uma agência receptiva que tem se preocupado em um turismo consciente.

Essa não é a primeira vez que a rampa de voo livre é fechada para a visitação que antes era totalmente aberta, pois em outras ocasiões o local estava sendo alvo de vandalismo à noite principalmente.

O local também é considerado um dos melhores quando se fala em ponto de prática de voo livre, pois tem as condições ideais aos praticantes.

O telefone para agendamento de visitas é (14) 3354-6001.