A fisioterapia tem se mostrado uma excelente aliada no tratamento de pessoas com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC). Os principais sintomas dos pacientes são a limitação do fluxo das torças dos gases (entrada e saída do ar) principalmente na fase expiratória, a dispnéia ou falta de ar, a hiperinsulflação dinâmica que leva ao encurtamento das fibras musculares do diafragma, fadiga muscular, insuficiência respiratória entre outros. 

O tratamento tem como meta a prevenção de infecções pulmonares, remoção de secreções dos pulmões e vias aéreas, evitar e melhorar a dispnéia ou falta de ar, diminuir ou prevenir a fadiga muscular (cansaço muscular), melhora da troca gasosa, relaxamento e fortalecimento dos músculos responsáveis pela respiração (diafragma e músculo acessórios).

Os exercícios de respiração, tosse, drenagem postural, prática de atividades físicas que coordenem a respiração e movimentação passiva e ativa dos membros do corpo oferecem melhor comportamento funcional do paciente.

Estudos vêm demonstrando benefícios do treinamento da musculatura em pacientes com DPOC, principalmente em relação ao aumento da capacidade de exercícios. A fisioterapia reeduca a postura e músculos inspiratórios e expiratórios, dando maior independência ao paciente, e redução da dispnéia e dificuldade em respirar.

Pacientes portadores de DPOC, quando submetidos a treinamento de força e resistência da musculatura inspiratória, apresentaram melhora na performance das atividades físicas e atividades de vida diária.

Lorena Rossatto Consorte, Fisioterapeuta, formada pela USC de Bauru. Atua em Fisioterapia, Pilates e Massagem. A Clinica está localizada à Rua General Telles, nr 1516 – Centro – Botucatu/SP – Cep 18602-120 – Telefone (14) 99723-0763.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news