A tradicional Festa da Tainha, de Botucatu, já tem data definida para este ano. Em sua 13ª edição, o evento será realizado no dia 25 de setembro, das 18h às 21 horas, no sistema drive-thru. A retirada das encomendas será no prédio da Loja Maçônica Renascença, na região central, em três pontos diferentes para evitar aglomerações.

Realizada há mais de uma década na cidade, a Festa da Tainha é organizada pelos funcionários e associados da Associação Fraternal Pelicano (Afrape) de Botucatu. Toda a renda arrecadada é investida na educação de crianças e adolescentes inseridos em projetos sociais mantidos pela entidade, que atende, em média, 800 pessoas por ano.

O que você vai levar para casa – Os interessados em colaborar, podem adquirir o combo que é composto por: uma deliciosa tainha assada (com 1,7 quilo), arroz (500 gramas), maionese (350 gramas), farofa (350 gramas) e vinagrete (250 gramas).

O valor do convite é R$ 100 e haverá 350 convites à venda.

Para comprar, basta ligar para (14) 3813- 3220 ou se dirigir pessoalmente à sede da Afrape, localizada na Rua. Donato Di Credo, 796 – Vila Ferroviária. Os convites também estarão à venda com os voluntários e funcionários da Associação. É possível solicitar a entrega do convite em casa ou no trabalho, mas a retirada da tainha e complementos será somente por drive-thru.

“A missão da Afrape é desenvolver pessoas através de programas e ações educativas e culturais, visando o desenvolvimento local e a melhoria da qualidade de vida na comunidade. Acreditamos que cuidar e gerar oportunidades não deve ser obrigação somente das organizações sociais. Elas são as executoras desse trabalho, mas o apoio da população e dos empresários em geral é fundamental. A educação é obrigação e, consequentemente, um benefício é de todos”, afirma Luiz Carlos Devienne de Almeida, presidente da Afrape.

Conheça os programas beneficiados pela Festa da Tainha

Programa Educação:

  • Projeto do Centro de Educação Infantil (2 unidades – Rubião e Cambuí);
  • Projeto SOM & LUZ – oferece orientação escolar e artística complementar (no contraturno escolar) para alunos do ensino fundamental;
  • Projeto de Capacitação e qualificação profissional – que capacita adolescentes e jovens para o mercado de trabalho.

Programa Cultura:

  • Ponto de Cultura;
  • Projeto de música instrumental para crianças, adolescentes e jovens;
  • Projeto Cordas/ Madeiras/Metais/Percussão;
  • Projeto Banda Marcial Botucatu Afrape;
  • Projeto Viola & Minha Escola – música sertaneja de raiz- Grupo de Violeiros da Afrape;
  • Projeto Orquestra Infanto Juvenil Pelicano;
  • Projetos de grupos musicais.

Sobre a Afrape

Fundada em setembro de 2002, atende crianças, adolescentes, jovens e adultos, preferencialmente que moram no setor norte da cidade, com renda familiar de até 3 salários mínimos, estudantes de escolas públicas municipais e estaduais. Tem reconhecimento público por leis de utilidade pública: municipal, estadual e federal, Certificado de Filantropia – CEBAS e, recentemente, recebeu a Certificação de Utilidade Pública Maçônica. É formada atualmente por 40 profissionais contratados e administrada por uma Diretoria e um Conselho Fiscal. (Da assessoria).