Nesta segunda-feira (03) Botucatu (SP) registrou 3 casos positivos de covid-19 em pacientes de residências terapêuticas que funcionam na cidade em apoio ao Centro de Atenção Integral (CAIS) “Professor Cantídio de Moura Campos”.

Essa residência terapêutica municipal funciona sob gestão da Organização Social de Saúde “Pirangi” em uma parceria com a Prefeitura.

A Secretaria da Saúde informou que recentemente todas as pessoas das casas de repouso e do Cantídeo foram testados com resultados negativos.

Mas agora surgiram 3 positivos em uma das residências terapêuticas e os pacientes apresentam sintomas leves. Os moradores continuarão sendo acompanhados.

Nesta segunda a Prefeitura ainda recebeu novos testes aplicados na comunidade. Foram 144 negativos e 14 positivos, sendo desses 6 com quadro gripal e 8 sem sintomas, que moram com pacientes positivos.

Sobre as residências terapêuticas

O Programa das residências terapêuticas, preconizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde), tem avançado em todo o País com o intuito de reintegrar doentes mentais graves na comunidade que antes viviam em hospitais psiquiátricos. Isso é fruto um movimento de luta antimanicomial que busca resgatar a cidadania dessas pessoas.

Em todo o País é estimado pelo Ministério da Saúde que aproximadamente 6 mil pacientes com transtornos mentais ainda residam em hospitais psiquiátricos. Neste contexto as residências terapêuticas são uma alternativa para pessoas que ficavam exiladas no hospital e agora irão viver as rotinas da cidade, o que ajuda e muito no tratamento e autoestima de cada um deles.