Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Região

Projeto criado para retirar crianças das ruas comemora 25 anos em São Manuel 

O conhecido “Projeto Luz”, criado há 25 anos, visava o atendimento de crianças e adolescentes carentes do município, bem como prestar assistência às famílias e foi inaugurado em 02/06/1996, na administração do então prefeito Marcos Monti. A necessidade da criação do Projeto Luz surgiu diante da preocupação com o crescente número de crianças que praticavam a mendicância em São Manuel. A comunidade sentia a necessidade de intervir nesse problema, pois muitas crianças e adolescentes eram notadas na porta de sorveterias, bancos e imediações do Jardim Central, pedindo dinheiro ou guloseimas. E à procura de iniciativas eficazes para combate ao problema, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, juntamente com Conselho Tutelar, formou uma comissão com pessoas pertencentes ao poder público e sociedade civil, que verificaram a necessidade da criação de uma entidade para o atendimento desse público.

O atendimento foi pautado nos princípios contidos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), evidenciando o que preconiza em seu artigo 4°: “É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do Poder Público assegurar com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao respeito, à liberdade e a convivência familiar e comunitária”.

O Projeto foi escrito pela assistente social e atual vice-prefeita Márcia Oliveira, partindo do esboço de uma “ideia espiritual” da Sra. Odila Wingeter sendo que, logo após, com apoio do então Diretor Municipal de Administração, Claudio Bassetto, uma casa locada pela Municipalidade localizada na Rua Epitácio Pessoa já começava a ser reformada para receber o “Projeto Luz”. As servidoras municipais Zenaide Alves e Márcia Oliveira escolheram pessoalmente móveis, equipamentos e material didático que seriam comprados e atendessem o Projeto pedagógico da nova entidade que estava nascendo.

Muitas pessoas participaram dessa idealização e de cada tijolinho que formou o grande “Projeto Luz”, que cumpriu o propósito de sua criação que era acabar com a mendicância de crianças e adolescentes na cidade. Como não lembrar da contribuição de Maria Lúcia Forster, Rui Grava, Rute e Zilbo Baroni, Didi Meira Leite, Pinha Mariano de Almeida, Tite Barros, Andrea e Kiko Moscatelli, Sandra Massarico, Cátia Regina, Cláudia Lopes, e de tantas outras pessoas que ajudaram de muitas formas?

Mas é unanime dizer que a “alma” do Projeto Luz sempre foi o Senhor Adilson Blanco. Ele, que pensou num local para cuidar de nossas crianças são-manuelenses anos antes do Projeto ser concebido pela municipalidade e conduziu brilhantemente como Diretor por muitos anos essa entidade era o “pai” daquelas crianças e adolescentes que passaram por lá, seus conselhos e ensinamentos cativou o respeito de todos.

Adilson Blanco merece todo o reconhecimento, pois foi ele quem cuidou do Projeto Luz para que chegasse hoje aos seus 25 anos de existência.

Em agosto de 2011, na administração do Prefeito Baroni, o Projeto Luz ganhou prédio próprio próximo ao Colégio Agrícola, na Vila São Geraldo, e, infelizmente, Adilson deixou a direção do Projeto.

Aquele Projeto, que tinha tempo determinado e função para cumprir, resistiu ao tempo, espelhou outras práticas semelhantes para atender todas as crianças e adolescentes que precisam. Em 2013, diante da necessidade de se adaptar à Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais passou a integrar a rede socioassistencial da Proteção Social Básica do SUAS – Sistema Único de Assistência Social, prestando o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos de idade.

Em 2017, através de processo de Chamamento, o prefeito Ricardo Salaro estabeleceu parceria com o Lar Anália Franco com grande participação do presidente Ramatiz Gomes da Cunha, Leila Zorkot Sangalli, Daniel Alves e Márcia Oliveira para a execução do Projeto Luz, onde houve aumento de jovens atendidos, melhorias em sua estruturação e maior economicidade para sua realização.

O Projeto Luz (hoje Espaço Luz) atende atualmente 100 crianças e adolescentes entre 6 a 15 anos de idade residentes na Vila São Geraldo, Vila Rica, Núcleo Habitacional José Innocenti e imediações.


Notícias similares