A Prefeitura de Jahu, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, promove durante o mês de novembro extensa programação em comemoração ao mês da Consciência Negra.

Várias atividades ocorrem em diversos locais da cidade, com grandes parceiros envolvidos. “Teremos oficinas, palestras, workshops, sessões de filme, e um ato cívico no dia 20 de novembro, data em que comemoramos o Dia Nacional da Consciência Negra. Vale a pena conferir”, ressalta a secretária de Cultura e Turismo, Carolina Panini.

Para mais informações, os interessados devem entrar em contato com a Secretaria por meio do telefone 3602-4777.

Programação

* 18/11 (segunda-feira)

9h – Cinema Municipal “Clodomiro Celulari”

Praça Barão do Rio Branco, sem número

Filme em parceria com o Ponto MIS – “Djon África”

Sinopse: Sem jamais ter conhecido seu pai, Miguel “Tibars” Moreira, mais conhecido com Djon África, acaba descobrindo que ele mora em Tarrafal e decide aventurar-se, mesmo sem muitas pistas, à sua procura.

19h – Museu Municipal “José Raphael Toscano”

Avenida João Ferraz Neto, 201

Palestra com Professora Meire Jordão e Roque Ferreira (jornalista e ferroviário de Bauru)

Tema: Denunciando o racismo institucional no espaço escolar

 

* 19/11 (terça-feira)

9h – Cinema Municipal “Clodomiro Celulari”

Praça Barão do Rio Branco, sem número

Filme em parceria com o Ponto MIS – “Temporada”

Sinopse: Juliana está se mudando de Itaúna, no interior do estado, para a periferia de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, para trabalhar no combate às endemias na região. Em seu novo trabalho ela conhece pessoas e vive situações pouco usuais que começam a mudar sua vida. Ao mesmo tempo, ela enfrenta as dificuldades no relacionamento com seu marido, que também está prestes a se mudar para a cidade grande.

19h – Museu Municipal “José Raphael Toscano”

Avenida João Ferraz Neto, 201

Roda de conversa e samba com elas. Discutindo a realidade da mulher negra e seus desafios numa sociedade racista e machista

Participação da cantora Jô Moura (militante da causa feminina negra e defensora da religião de matriz africana) e convidados

* 21/11 (quinta-feira)

9h – Cinema Municipal “Clodomiro Celulari”

Praça Barão do Rio Branco, sem número

Filme em parceria com o Ponto MIS – “Besouro”

Sinopse: Besouro era o sobrenome do reconhecido capoeirista Manuel Henrique Pereira. O filme conta a história deste órfão que se transformou num dos grandes mestres da capoeira, disciplina criada por escravos africanos que eram proibidos de utilizar armas.

(com assessoria)