A Prefeitura da Estância Turística de Avaré iniciou estudos para executar a abertura de nova passagem de nível sobre os trilhos da Fepasa. A meta é desafogar o trânsito urbano e oferecer nova opção para quem se desloca do centro aos bairros da Zona Sul, hoje feita apenas através do pontilhão da Fepasa, pela Rua Santos Dumont, ou pela Rua Jango Pires, a única passagem de nível aberta na região.

Para que essa obra possa ser desenvolvida a Prefeitura vai pleitear do governo estadual a desapropriação da área do antigo silo da Ceagesp, a fim de abrir, em suas imediações, a nova ligação urbana entre a Avenida Dr. Antonio Sylvio da Cunha Bueno, no Parque Jurumirim, e as ruas Euclides da Cunha e Antônio Francisco Barbosa, no Jardim Pinheiros, de onde se tem acesso à Avenida Pinheiro Machado, em direção à área central.

COMPLEMENTAÇÃO – Outra obra que merecerá a atenção da gestão atual é a complementação asfáltica da Avenida Dr. Antonio Sylvio da Cunha Bueno, uma das mais extensas vias urbanas locais e que, se inteiramente asfaltada, servirá de principal acesso à cidade pela Zona Sul, já que interligará os bairros Parque Jurumirim, Parque São Jorge e Brabância.

Atualmente aquela avenida se acha parcialmente calçada. No primeiro trecho de 100 metros de lajotas, liga o antigo graneleiro da Ceagesp à Avenida Anápolis. E dessa avenida avançam mais 300 metros de pavimentação asfáltica até o cruzamento com a Rua Júlio Belucci.

A proposta do Executivo é estender benfeitorias até o cruzamento com a Rua Oswaldo Brito Benedetti, nas imediações do Lago Bertha Bannwart, numa extensão de 1.200 metros. Para tanto o plano é asfaltar as duas pistas e iluminar todo o trecho para oferecer novo e moderno acesso para quem vem da Represa de Jurumirim.

No projeto, ainda em estudos, está sendo prevista ainda a abertura de ciclovia ao longo de toda a Avenida Dr. Antonio Sylvio da Cunha Bueno, como opção para o tráfego seguro de bicicletas.