Pederneiras foi contemplada e passa a integrar o Projeto Sala Verde, desenvolvido pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com os municípios visando oferecer apoio bibliográfico e multimídia aos cidadãos, principalmente aqueles que necessitam de um centro de apoio e referência a pesquisas e trabalhos ambientais. A Sala Verde foi criada para servir como uma biblioteca com conteúdo específico para pesquisas sobre o meio ambiente.

A parceria se dará por meio do envio de materiais com a temática ambiental pelo governo. A Prefeitura já disponibilizou um espaço na Secretaria Municipal de Meio Ambiente, junto ao Centro de Educação Ambiental – CEMEA, para instalar a Sala Verde “Pedra de Fogo”, assim batizada em homenagem à origem do nome do município de Pederneiras.

Até o momento, a Sala Verde “Pedra de Fogo” já conta com 25 livros e dezenas de gibis e conteúdo multimídia sobre meio ambiente. Há ainda a possibilidade de acessar mais de centenas de outros conteúdos exclusivos on-line em computador disponível no local.

“Essa biblioteca é uma novidade que oferece conteúdos únicos e exclusivos sobre meio ambiente e sobre a cultura da preservação ambiental. Quando disponibilizamos esse material para uma criança, um jovem ou para um estudante fazer uma pesquisa, por exemplo, estamos educando para que no futuro a nossa cidade seja mais sustentável”, explica o prefeito de Pederneiras, Vicente Minguili.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, periodicamente o governo deverá enviar novos conteúdos para a Sala Verde “Pedra de Fogo”.

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(com Assessoria de Imprensa)