Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Polícia

Patrulha Maria da Penha atende cerca de três casos de agressão contra mulheres por dia em em São Manuel 

Durante a pandemia do Covid-19, os atendimentos da GCM às Mulheres, vítimas de violência doméstica, aumentaram significativamente entre os meses de abril e maio, na cidade de São Manuel.

O Patrulhamento Maria da Penha da GCM tem atendido cerca de 3 casos por dia de agressões ou tentativa, contra as mulheres.

Muitas delas ainda relutam em registrar o Boletim de Ocorrência, e não recorrem ao atendimento do Patrulhamento, que funciona 24 horas.

O atendimento seguindo a lei Maria da Penha é feito através de uma parceria entre a equipe exclusiva da GCM, a Delegacia da Mulher, comandada pela. Dra. Ana Carolina, Ministério Público, CRAS, CREAS e Diretoria Municipal de Saúde.

Várias são as violência praticadas contra as mulheres, tais como: a
física, verbal, patrimonial e principalmente, a psicológica.

O Patrulhamento Maria da Penha da GCM foi criado pelo diretor de Segurança e Trânsito, Dr. Adjair de Campos, para acompanhar as vítimas
que se encontram com medidas protetivas concedidas pela justiça, tentando amenizar os casos de agressões, através de rondas permanentes próximas as residências das vítimas.

O contato pode ser feito via WhatshApp com as vítimas a fim de evitar o feminicidio.

Além dos casos de relacionamento amoroso, também são vítimas de agressões muitas pessoas idosas, com filhos usuários de drogas. Esses casos também contam com o apoio da equipe Maria Da Penha.

O contato pode ser feito através do telefone da GCM 199 para emergências, 24 horas por dia ou ainda com a Patrulha Maria da Penha pelo telefone (14) 99900-0977, com atendimento de segunda a sexta-feira durante o horário administrativo.

Segundo a GCM Simone Parenti, uma das integrantes da equipe da GCM do
patrulhamento “Maria da Penha”, estão cadastrados, através de um
protocolo, 143 mulheres com medidas protetivas.

“Nós temos esse cadastro com os nomes, endereços, telefones, a situação atual e o vencimento da medida protetiva. Fazemos rondas em vários bairros da cidade e ainda temos o sistema de monitoramento instalado na sede da GCM que inclusive nos ajudou a deter um caso de um homem que
estava próximo a atacar a vítima em sua residência”, explica Simone.

AGRESSÕES DOMÉSTICAS
No último dia 6 de maio, um caso de agressão de filho contra a mãe
chocou os moradores da cidade.

Um indivíduo que há tempos vinha agredindo sua mãe idosa no bairro do
Jardim Santa Mônica, foi preso pela ROMU (Rondas Ostensivas Municipais, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela justiça.

A Patrulha maria da Penha, na oportunidade informou a vítima sobre a prisão do seu filho, e ela muito emocionada e aliviada agradeceu o trabalho de toda a equipe, pois disse que temia por sua vida e não suportava mais todas as agressões que vinha sofrendo.

No último dia 19 a equipe da GCM de São Manuel conseguiu entregar uma
geladeira a vítima e ainda levou mantimentos doados por uma moradora da cidade, que comovida com a sua situação, arrecadou alimentos junto aos amigos.

A entrega contou com as participações dos GCMs Galdino Roso, Eliane,
Simone e Aline.


Notícias similares