O Sebrae-SP, por meio do programa Super MEI, em parceria com a prefeitura de Barra Bonita e ETEC Comendador João Rays (Naval), está oferecendo três cursos gratuitos em Barra Bonita para quem quer ter o próprio negócio, administrá-lo da maneira correta e aumentar as chances de sucesso.

O primeiro curso é a Formação Inicial em Organização e Promoção de Festas e Eventos, em junho, na ETEC Comendador João Rays. A opção pelo curso levou em consideração o perfil turístico da cidade, além de eventos sociais como casamentos, festas de debutantes, entre outros. Os outros dois cursos são para Formação Inicial em Técnicas de Vendas, voltado para o público interessado na área comercial, consultores e vendedores de todos os mercados de atuação, e o de Penteado para Festas, indicado para cabeleireiros, quem deseja trabalhar com penteados e para todas as pessoas que queiram aprender mais sobre penteados para festas.

Pode participar quem já atua como Microempreendedor Individual (MEI), quem é autônomo, mas ainda não está regularizado, e também quem deseja trabalhar por conta própria.

Os cursos também permitirão que os microempreendedores individuais possam pleitear crédito junto ao Programa Juro Zero, no valor de até R$ 20 mil reais.

O Programa Juro Zero Empreendedor é uma parceria entre o governo do Estado de São Paulo e o Sebrae-SP para oferecer crédito com juro zero para os MEIs paulistas que concluíram o programa Super MEI, do Sebrae, e não possuem restrições cadastrais no CNPJ e no CPF.

As inscrições podem ser feitas pelos telefones (14) 3641-8082 e (14) 3641-1775.

Cursos oferecidos:
1- FORMAÇÃO INICIAL EM ORGANIZAÇÃO E PROMOÇÃO DE FESTAS E EVENTOS
Local: ETEC Comendador João Rays
Início: 04 de junho
Término: 13 de junho
Horário: 13h30 às 17h30

2- FORMAÇÃO INICIAL EM TÉCNICAS DE VENDAS
Local: ETEC Comendador João Rays
Início: 20 de junho
Término: 03 de julho
Horário: 13h30 às 17h30

3- PENTEADOS PARA FESTAS
Local, data e horário a definir

O QUE É O MEI?
O MEI é o indivíduo que trabalha por conta própria e se legaliza como pequeno empresário, desde que seu faturamento seja de, no máximo, R$ 60 mil por ano. O MEI tem registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), o que facilita a abertura de conta bancária, pedido de empréstimos e emissão de nota fiscal.

É integrante do Simples Nacional e paga apenas um valor fixo mensal de R$ 45 a R$ 50, dependendo da atividade. Assim, ele também tem direito aos direitos da Previdência Social como salário maternidade e auxílio-doença.

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(com Assessoria de Imprensa)