Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Região

CREAS realiza trabalho constante junto à população de rua 

A Diretoria da Promoção Social de São Manuel (SP), através de plantão permanente, vem atuando em atendimento da população em situação de rua, buscando suas famílias, realizando internações em clínicas de recuperação e comunidades terapêuticas, fazendo acolhimentos na Pousada da Colina, entre outras ações. Atualmente a abordagem vem sendo desenvolvida pelo CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social, implantado no município em dezembro de 2017.

O trabalho com a população de rua é realizado por meio do Serviço Especializado em Abordagem Social, de forma contínua e busca ativa, que identifique pessoa em situação de rua, procurando sua reintegração familiar/comunidade, atendendo as demandas imediatas e o acesso à rede de serviços socioassistenciais e intersetoriais de políticas públicas, principalmente de saúde com internações, entre outros.

A equipe passa semanalmente por diversos locais da cidade na busca por esta população que se encontra em situação de rua, “Conversamos com essas pessoas orientando e realizando o cadastro; tentamos estimular independência, cuidados e resgatar vínculos e valores”, detalha a assistente social coordenadora do CREAS, Maíra Reis.

Todos os profissionais da equipe unem esforços na abordagem, trabalho de identificação, entre outras intervenções, mas a aceitação depende do atendido. “Na maioria das vezes o atendimento é feito na rua, já que poucos procuram pelo CREAS; a abordagem serve para detalhar o perfil dessas pessoas, identificando a particularidade de cada um, para sabermos o perfil da população de rua, identificando quem é itinerante, e quem possui vínculos familiares no Município”, define a assistente social.

Durante a busca ativa, há o reconhecimento de território, locais onde a população em situação de rua costuma ficar. No entanto, tais locais não são fixos. Eles sempre procuram as praças públicas e locais de maior fluxo de pessoas, por conta de possíveis doações.

Através de levantamento realizado pelo CREAS no mês passado, foram identificadas cerca de 15 pessoas em situação de rua; e os motivos por estarem nessa condição, em sua maioria, são por conflito familiar ocasionado por desentendimento com os seus membros, por dependência química ou alcoólica. A maioria possui vínculo familiar na cidade e não se utilizam do atendimento do albergue local, porque não acatam as regras estabelecidas.

Outra situação encontrada foi de pessoas que estão nas ruas como itinerantes em passagem por São Manuel, por diversos motivos e, que depois vão embora. Para essas pessoas há a concessão de passagens para cidades vizinhas, encaminhamento à “Casa de Acolhida Padre Pio” e demais orientações. No mês de março, o albergue “Pe. Pio” atendeu 87 pessoas que permaneceram na cidade pelo período de até três dias.

Todo trabalho desenvolvido por meio do CREAS segue normas e legislações do SUAS – Sistema Único de Assistência Social, que padroniza as ações. A aceitação, adesão e permanência dos usuários nos serviços ofertados são voluntárias, ou seja, não são forçados a qualquer tipo de participação. As atividades do CREAS contam com a parceria da rede de atendimento do município, como Diretoria de Saúde, Pronto Socorro local, Guarda Civil Municipal, albergue, e outros. 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(com Assessoria de Imprensa)


Notícias similares