Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Região

Bauru terá passagem aérea de fauna em avenida da zona sul 


O prefeito Gazzetta recebeu nesta quarta-feira (04) no Gabinete representantes da empresa responsável pelo projeto de uma passagem aérea de fauna que será construída em Bauru, em razão das obras de duplicação da avenida José Afonso Aiello, na zona sul da cidade. A empresa de São Carlos/SP solicitou e obteve aprovação do prefeito para colocar o projeto em execução.

Durante o processo de licenciamento para a duplicação da avenida, feita pela construtora Bild, em contrapartida a empreendimentos realizados na cidade, foi constatada a presença de animais que fazem a travessia entre um lado e outro da via. São saguis, gambás e ouriços, que correm o risco de serem atropelados. Como são animais que se locomovem também pelas árvores, a passagem aérea é a mais indicada para essa situação.

A arquiteta responsável pelo projeto, Aline Braga Hoffmann, lembra que, normalmente, esse tipo de passagem é confeccionada utilizando-se cordas. Mas no caso da passagem sobre a avenida José Afonso Aiello, por ser uma região com muito vento, foi elaborada uma estrutura em madeira.

“O projeto foi pensado em uma estrutura de madeira tratada para ser mais resistente ao tempo. Se fizéssemos uma passagem somente com corda, como a tradicional, o tráfego de animais poderia ser prejudicado com o balanço provocado pelos ventos. Então, a gente optou por uma estrutura mais sólida. Os animais terão a opção de atravessar pela corda trançada ou pelos mourões de madeira”, explica Aline.

A passagem terá 6,5 metros de altura, acima do padrão previsto para vias expressas. As cordas serão presas às árvores, criando a possibilidade de um fluxo contínuo de animais entre um lado e outro da avenida. Depois de construída e feitos todos os testes, esse patrimônio será passado à Prefeitura.

“No início da gestão, tivemos uma questão com capivaras, próximas à baixada da avenida Comendador da Silva Martha. Ali, foram tomadas medidas como sinalização e instalação de redutores de velocidade. Agora com essa passagem aérea, o município dá o exemplo de como deve ser tratada a fauna no desenvolvimento desses locais. Enquanto em nossas estradas animais continuam sendo atropelados por falta desse tipo de equipamento, o município vem mostrando que é possível conciliar o desenvolvimento da nossa cidade com a sustentabilidade e garantir uma forma de que isso não venha a prejudicar a fauna que ainda sobrevive nas áreas de vegetação que temos dentro do município”, afirmou Gazzetta.

(com assessoria)


Notícias similares