A linha de ônibus que faz o trajeto ItatingaXBotucatu (SP) sofreu 360 multas em 2017, segundo a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), que ainda confirmou que será feita licitação para nova empresa assumir, com um contrato que permita maior efeito de fiscalização e até cassação em caso de problemas no transporte de passageiros.

A Artesp respondeu, em nota, ao site Agência14News que “A área de fiscalização da Artesp fará uma averiguação na linha frente a reclamação trazida pelo jornal. Somente no ano de 2017, a Artesp emitiu 360 multas para a empresa Rápido Luxo Campinas”, informa. 

A Agência ainda explica que: “A fiscalização do transporte intermunicipal é realizada no estado de São Paulo pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) nas rodovias do Estado, nos terminais rodoviários e nas garagens e instalações das empresas, seguindo uma escala de operações. Também são realizadas ações a partir de denúncias e reclamações. Os fiscais da Artesp averiguam as condições mecânicas dos ônibus, assim como itens de segurança, de higiene, o cumprimento de horários e se os veículos estão devidamente cadastrados na Agência. Os usuários podem ajudar a melhorar o Sistema registrando queixas e sugestões junto à Ouvidoria da Artesp pelo telefone 0800-727-83-77 ou pelo endereço eletrônico [email protected]. Todas as reclamações são apuradas pela fiscalização da Agência. A principal preocupação é com a segurança dos passageiros e com a qualidade do serviço prestado”.

NOVA EMPRESA

“Ainda esse ano haverá total renovação na prestação de serviço aos usuários. Em janeiro foi publicado o edital de concessão que reformula as mais de mil linhas de ônibus intermunicipais atualmente em operação, incluindo a linha Botucatu – Itatinga. A nova licitação está marcado para 15 de março”, informou a Artesp ao site Agência14News.

“As novas concessionárias deverão oferecer melhor qualidade do serviço atualmente prestado, o que inclui renovação de frota, implantação de Wi-fi gratuito, ar condicionado, bilhetagem eletrônica e outras. A concessão também permitirá que a fiscalização da Artesp seja aprimorada junto às empresas. Os contratos trazem padrões de operação e de prestação de serviço aos passageiros mais claros e as penalizações estão mais rígidas em caso de descumprimento das condições contratadas. Com isso, a Agência Reguladora busca levar mais qualidade e conforto para as viagens”.

A empresa citada foi procurada mas não respondeu a reportagem.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(do Agência14News)