A cidade de São Manuel registrou duas mortes no trânsito neste sábado, 24 de abril. Um dos casos ocorreu por volta das 18h35 no cruzamento da Duque de Caxias com a Dr. Júlio de Faria. No local houve um choque entre carro e moto. Ariovaldo Donizetti Dias Vieira (54), de uma pizzaria, foi socorrido, mas não resistiu. Ele residia na Rua João Massarelli, na Cohab 1 de São Manuel.

O acidente envolveu a moto CG 150 Fan ESDI e uma Volkswagem Saveiro. Segundo a Polícia Civil, que investiga o caso, as informações prestadas pelo condutor da picape, e de uma testemunha, dão conta que a Saveiro era conduzida pela Rua Duque de Caxias quando na altura do numero 165 o condutor foi fazer uma conversão permitida à direita. Nesse momento, acabou fechando a motocicleta, que colidiu com a lateral direita da picape, e assim, foi lançado contra o muro de uma residência.

Na sequência foi acionada a Ambulância do PS que socorreu Ariovaldo, ainda com vida, até o Hospital Municipal de São Manuel/SP, porém, chegando ao hospital foi constatado o óbito de Ariovaldo. Os policiais militares entraram em contato com o Plantão Policial de Botucatu que acionou a Polícia Técnica para levantamento de um perito e fotógrafo.

Atropelamento na Marechal Rondon

Também foi registrado atropelamento na Rodovia Marechal Rondon, região da empresa Soletrol, no sentido São Manuel – Areiópolis. Um carro acabou atingindo o pedestre que estava no local.

O acidente ocorreu por volta das 19h50. Policiais militares rodoviários receberam informação que um atropelamento havia ocorrido na Rodovia Marechal Rondon – quilômetro 272,8. Chegando ao local, encontraram o corpo de homem de aproximadamente 55 anos caído no acostamento do lado direito da rodovia e alguns pertences ao redor: uma garrafa térmica azul, duas toalhas de banho brancas, um isqueiro azul e um boné branco do Santos Futebol Clube. Essa pessoa não portava documento para que pudesse ser feita sua identificação. O veículo envolvido também não estava no local.

Em seguida, os policiais receberam um contato da concessionária que administra a rodovia, informando que um veículo Nissan/March, de Bauru, estava parado no pedágio que fica no quilômetro 285,5, ou seja, a 11 quilômetros do local do acidente.

O motorista de 44 anos, que conduzia um Nissan March de Bauru relatou que quando passou pelo trecho colidiu com algo na pista, mas não percebeu o que havia atingido e, com medo de poder ser um assalto, somente parou no pedágio. O condutor foi submetido ao teste do etilômetro e foi constatado que não havia ingerido bebida alcoólica. O veículo apresentava diversas avarias. Uma ambulância do SAMU compareceu no local e uma médica atestou a morte da vítima até então desconhecida.

O Plantão Policial de Botucatu foi comunicado e acionou a Polícia Científica para avaliar o veículo e a cena do local do atropelamento para as investigações.