Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Polícia

Presos escondiam minicelulares e drogas no estômago 

Seis detentos do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) II “Dr. Eduardo de Oliveira Vianna” de Bauru, que retornavam da saída temporária nesta segunda-feira (21), foram barrados após o escâner corporal detectar imagens suspeitas. Questionados, cinco deles confessaram que haviam engolido celulares e drogas. Eles foram isolados na enfermaria e conseguiram, espontaneamente, expelir os objetos, sem a necessidade de intervenção cirúrgica.

Já o sexto preso flagrado pelo equipamento de segurança escondia maconha na cueca.

NO ESTÔMAGO

Um dos sentenciados expeliu cinco minicelulares. Os agentes de segurança apreenderam mais quatro aparelhos telefônicos com dois reeducandos – dois com cada um deles.

Em outro caso, o detento engoliu dois minicelulares e quatro invólucros plásticos contendo cocaína. Mais dois aparelhos foram apreendidos com preso que também havia ingerido 26 porções de maconha e oito de cocaína.

Apenas um dos detentos flagrados pelo escâner corporal não engoliu objetos ilícitos. Com ele, entretanto, a equipe localizou uma porção de maconha escondida na cueca.

REGRESSÃO DE PENA

As drogas e os aparelhos telefônicos foram encaminhados à Polícia Civil para registro de boletim de ocorrência. A direção do CPP II de Bauru instaurou procedimento interno disciplinar, que deverá culminar com a regressão dos seis sentenciados para o regime fechado. (Da assessoria do sistema penitenciário).


Notícias similares