Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Polícia

Polícia registra incêndio, motorista ilhado e prisão por falta de pensão 

Uma servidora pública municipal de 48 anos procurou a PM nesta terça-feira (29), alegando que teve o pneu de seu carro rasgado pelo ferro de um bueiro quando passava pela Rua Petrarca Bacchi, na Vila Maria, em Botucatu. O problema existe, segundo ela, na altura do número 832, onde os motoristas precisam tomar cuidado. O BO foi registrado possivelmente para tentativa de ressarcimento.

INCÊNDIO NA UNESP

Uma sala foi incendiada e teve os vidros quebrados na Fazenda Edgardia, próximo à portaria do Lageado. Um veículo também foi encontrado com danos na parte elétrica. O setor pertence à Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp (FCA). A PM foi comunicada sobre o caso nesta terça-feira (29).

MOTORISTA ILHADO

Um pedreiro de 60 anos ficou com o carro preso em um alagamento no túnel que passa embaixo da Marechal Rondon e liga as Cohabs 1 e 3, em Botucatu, durante a forte chuva nesta terça-feira (29). O condutor do veículo disse que não percebeu a inundação e quando viu a água já estava em um nível acima das rodas.  Pessoas que presenciaram a cena chamaram o Corpo de Bombeiros que retiraram o veículo do local.  O motorista não teve ferimentos.

ACIDENTE DE TRÂNSITO

Um motociclista bateu na porta do carro de um advogado que estava na Rua João Passos e tentava virar para a Rua Major Leônidas Cardoso, no centro de Botucatu nesta terça-feira (29). O advogado disse que o condutor da moto não quis fazer BO e saiu do local alegando que não teve ferimentos. O caso foi relatado à PM.

R$ 15 MIL DE PENSÃO

Um homem de 31 anos foi preso no Poupatempo de Botucatu pela Guarda Municipal quando tentava retirar documentos nessa terça-feira (29). Segundo informações, o valor da dívida pelo não pagamento de pensão alimentícia chega a 15 mil reais. O suspeito foi levado ao plantão policial e ficou preso.

FURTO DE TRAILER

A Guarda Municipal localizou, nestaterça-feira (29), o suspeito de furtar produtos de um trailer localizado na Vila dos Lavradores. Consta que o rapaz estava escondido na CAMIM – Central de Atendimento ao Migrante, ao Itinerante e Mendicante de Botucatu.

O suspeito de 27 anos estava usando o nome do irmão por isso ainda não havia sido descoberto. Ele foi levado até à 2ª Central da Polícia Civil onde foi ouvido e responde ao caso em liberdade. Também nesta semana a PM havia recuperado parte dos produtos e identificado esse mesmo furtador, que durante as buscas não havia sido encontrado.

(Do Agência14News)


Notícias similares