A Polícia Civil realizou prisão de um homem e a apreensão de um adolescente que são acusados de praticar o assassinato contra um morador do distrito de Vitoriana, em Botucatu (SP), crime ocorrido na noite de sábado (22).

Segundo informações da Polícia Civil, o caso do homicídio foi esclarecido pela DIG – Delegacia de Investigações Gerais com apoio da Polícia Militar.

Assim, o delegado Celso Olindo representou pela decretação das prisões temporárias dos dois acusados, o que foi autorizado pela justiça. Um deles foi preso e em seguida ocorreu a apreensão do menor de idade. A arma utilizada para a prática do crime também foi localizada e apreendida.

No dia do crime, a vítima de 31 anos, foi morta com um tiro no peito. Antes do homicídio, houve briga entre ele e vizinhos.

Segundo a Polícia Civil, ambos foram ouvidos e cada um deu a sua versão. O crime foi motivado por desentendimentos anteriores aos fatos, em que a vítima Rosinaldo, conhecido como “Wesley” já havia agredido os suspeitos com um facão. A arma utilizada para o crime foi encontrada com o menor, sendo uma espingarda adaptada para o calibre 22. A companheira da vítima aponta 3 suspeitos como responsáveis pelo homicídio. Um dos envolvidos – segundo ele disse – concordou que seu filho entregasse a arma para um segundo envolvido para a execução do crime. Foi decretada a prisão temporária dos suspeitos e apreensão do menor.

Esclarecimento desse homicídio foi trabalho integrado com a Polícia Militar, com o apoio do Capitão Mariotto.

O terceiro envolvido está sendo procurado.