Nesta segunda-feira (19), o juiz eleitoral, Dr. Josias Martins, percebeu uma  caminhonete preta, próximo ao Fórum, no Jardim Riviera, anunciando a realização de um comício na noite desta terça-feira (20), de um candidato a Prefeitura de Botucatu, nas eleições de outubro.

Segundo o juiz o veiculo estava a menos de 200 metros do Fórum, onde a propaganda eleitoral não é permitida. Ele então acionou os policiais militares que ficam no local para que verificassem a caminhonete, porém não foi mais encontrada.

A polícia militar então elaborou o Boletim de Ocorrência e vai procurar os responsáveis partido político para prestar esclarecimentos. O caso será encaminhado para a Justiça Eleitoral, para que o partido seja multado.

Segundo informações do TSE-Tribunal Superior Eleitora, a resolução 23.457/2015, a lei 9.504/1997, trata de que a propaganda eleitoral não pode ser feita a 200 metros do poder judiciário, de quartéis, ou estabelecimentos militares.