A Polícia Civil de Itatinga identificou todos os envolvidos na briga ocorrida na Praça da Igreja Santa Cruz e que culminou com o brutal homicídio do trabalhador rural Rogério Ribeiro de Aguiar, de 33 anos, que foi violentamente espancado e esfaqueado, falecendo em decorrência dos ferimentos.

Durante as investigações, os policiais civis do Setor de Investigações Gerais da Delegacia de Polícia de Itatinga colheram informações e depoimentos que possibilitaram a identificação dos 3 homens e 1 mulher envolvidos no crime.

Diante dos fatos narrados no boletim de ocorrência e material produzido durante as investigações, o Delegado de Polícia Titular de Itatinga, Dr. Antenor de Jesus Zeque, representou junto ao Poder Judiciário, pela decretação da prisão temporária dos três homens envolvidos na ocorrência e que ainda não haviam se apresentado à autoridade policial para prestar esclarecimentos, sendo essas prisões, decretadas ainda na noite de ontem (26).

Ainda na terça-feira a autoridade policial determinou o formal indiciamento da mulher envolvida na ocorrência pelo crime de homicídio, após ela apresentar-se na Delegacia de Polícia, pois aguardou passar o período flagrancial.

Ela prestou esclarecimentos em relação aos fatos e responde ao crime em liberdade.

Na manhã de hoje (27), policiais civis integrantes do Garra II e Giar II, com o apoio da GCM desencadearam uma operação policial no município para a captura dos procurados. Essa trabalho foi finalizado com a localização e prisão de um homem de 22 anos, natural de Rio Real – BA, que estava abrigado na casa de parentes na região central da cidade de Itatinga.

As forças de segurança de Itatinga continuam à procura dos outros homens envolvidos no crime. As prisões temporária foram decretadas para que sejam capturados e permaneçam à disposição da justiça.