A Polícia Militar informou nesta segunda-feira (24) que está investigando uma confusão que ocorreu em um barzinho de balada durante o final de semana, na Avenida Camilo Mazoni, na região da Vila Nova Botucatu.

O assunto gerou debate entre as pessoas que tiveram contato com o assunto ou estavam no local durante o final de semana.

“Estamos averiguando os fatos por meio de uma investigação preliminar, a fim de tomar as providencias cabíveis. Conforme a notícia chegou pela imprensa , e como há informações que a pessoa armada seria policial militar, instauramos uma investigação preliminar para buscar as informações sobre os fatos.Se houver a participação de policial militar, o mesmo será devidamente ouvido e serão adotadas as medidas que o caso requerer”, informou o major Aleksander Lacerda, do 12º Batalhão que é a regional da PM em Botucatu.

O assunto chegou a ser debatido na internet com várias posições. “Urgente: Esse final de semana como fora publicado na imprensa, aconteceu uma pequena briga e policial a mão armada em bar da cidade. Segundo os proprietários tudo fora resolvido com calma e não teve nada desse alarde que estão comentando por aí, que as pessoas deitaram no chão etc e tal. Foi apenas um desentendimento como pode acontecer em qualquer outro local e agora está tudo em paz. As casas noturas devem contratar seguranças para revistar as pessoas que entram pois o mundo anda perigoso, qualquer pessoa se ofende com pouca coisa. A casa continua funcionando normalmente e graças a Deus ontem estive lá e deu um bom movimento. São fatos que acontecem, mas está tudo esclarecido. Agora, me poupe, um policial andar armado em situaçao de folga, assim não dá, um mal exemplo. Me desculpe! E gente maldosa fazendo alarde desnecessário”.

Também na fan page do colunista social uma leitora deu sua opinião. “O que vimos lá não foi nenhum segurança retirando o rapaz e sim garçons, inclusive um deles foi segurado pelo pescoço pelo indivíduo, pessoas sim se jogaram no chão, pularam o alambrado, e etc. Sei que a casa não tem culpa de terem pessoas assim na Rua e armadas mais a informação está sim correta ou se como vc disse que quem estava lá e se pronunciou se tratam de pessoas maldosas e não verdadeiras é simples peça para o dono liberar as imagens das câmeras de segurança se ainda tiver os arquivos!!”, escreveu uma leitora de iniciais R.A.M.

Outras pessoas disseram que o policial brigou dentro do estabelecimento, foi retirado por seguranças e na confusão sua arma caiu, mas não teve sequência a briga. Já uma moça diz que o policial foi retirado e lá fora apontou a arma para cima, que a mesma caiu no chão, mas foi logo apanhada e guardada quando ele era contido por amigos, sem mais confusão depois.

A Polícia Civil informou que não foi registrado Boletim de Ocorrência do caso.

A reportagem do Agência14News entrou em contato com o bar pela fan page e celular da empresa, mas ninguém atendeu a ligação.

O que a reportagem apurou é que quando viaturas da PM e Guarda Municipal chegaram no local o suspeito não estaria mais no bar. A pessoa que estava no estabelecimento seria policial militar.

(Do Agência14News)