A educação municipal de Botucatu tem frequentemente divulgado notícias relevantes, mostrando as melhorias nas escolas, por isso um fato fora desse contexto passa a ser apurado.

A Secretaria de Municipal de Educação informou em nota na noite deste sábado (09) ao 14News que apura o caso de uma aluna encontrada no espaço externo da creche Orestes Spadotto, na Rua João Gotardi, na Vila Ferroviária, e que “abriu uma sindicância para apurar o ocorrido”.

A mãe de uma aluna expôs o caso em redes sociais na noite deste sábado (09). Algumas pessoas que se depararam com a postagem encaminharam o assunto ao 14News.

-Frente da creche Orestes Spadotto, na Vila Ferroviária.

Nessa divulgação, a mãe exibiu o boletim de ocorrência registrado no 1º Distrito Policial, onde cita que se dirigia para buscar a filha na escola, às 16h25 de sexta-feira (08), quando a viu na rua com 2 mulheres, que pararam para ajudar, pois viram a criança sozinha. Depois, ela questionou as funcionárias, a direção e pediu providências.

O caso segue sendo apurado pela Prefeitura e Polícia Civil. O fato foi registrado como abandono de incapaz. Na Prefeitura pode ocorrer até a exoneração do funcionário (a).

Nota – “A Secretaria de Educação tomou ciência da situação e abriu uma sindicância para apurar o ocorrido. A Educação também entrou em contato com a família da criança para oferecer todo o suporte necessário”.