Inscreva-se na nossa newsletter!

Trending News

Polícia

Mulher joga tomate e o seu namorado é acusado de agredir integrante de carreata a favor de Bolsonaro 

-Carreata a favor do presidente Jair Bolsonaro percorreu as ruas da cidade. (Foto: Kleber Oliveira/ arquivo pessoal).

A manifestação a favor do presidente da república, Jair Bolsonaro teve uma confusão registrada durante a carreata que percorreu Botucatu referentes a pessoas contrárias ao ato.

O fato ocorreu na Avenida Camilo Mazoni, Vila Carmelo, em Botucatu, no sábado, 1º de maio, por volta do meio-dia.

Um jovem de 37 anos, morador do Jardim Cristina disse que participava da carreta quando uma moça passou a jogar tomates nos veículos dos participantes.

O motorista disse que foi até essa jovem de 18 anos pedir que parasse quando saiu o seu namorado saiu do carro: um investigado de 31 anos, morador do Jardim Paraíso, que estava com um taco de beisebol e passou a desferir golpes lesionando a cabeça e a mão esquerda do jovem que estava no ato em favor do presidente.

A vítima foi socorrida à Unimed e liberada com retorno marcado para a ortopedia.

Policiais militares relatam que sendo avisados da placa do carro do casal foram até o local onde moram e são vizinhos.

O investigado alegou que seria ele o autor das agressões sofridas por Tiago e que teria como motivo da agressão o fator político.

Ambos foram levados ao distrito policial. O taco localizado no carro acabou apreendido.

O casal foi ouvido e liberado onde vai responder por lesão corporal.

A Polícia Militar diz que a carreata teve 400 veículos e estava bem organizada, sem incidentes.

O presidente enfrenta neste momento uma CPI por conta de acusações de não ter tomado as medidas necessárias para conter a Covid-19.

CARTAZES

Durante a carreata um grupo opositor colocou faixas no elevado Bento Natel com críticas ao presidente. Havia frases de pedido de auxílio emergencial maior às pessoas, bem como críticas quanto à falta de maior ação frente à pandemia.

TOTEM

As entradas da cidade teve também manifestação. Nos totens onde existe a mensagem “Botucatu é do Senhor Jesus” foi substituída com “Botucatu é do Trabalhador”, escondendo a original. A autoria não foi descoberta.


Notícias similares