O motorista que morreu em um acidente na madrugada desta quinta-feira (24), na SP 255, entre São Manuel e Barra Bonita é apontado como quem invadiu a casa de uma estudante de 18 anos – que seria sua namorada.

De acordo com as informações, a jovem foi agredida com marretada e foi localizada agonizando em casa com couro cabeludo espalhado pelo sofá. Depois, o invasor foi até a casa da frente, e agrediu um aposentado de 66 anos, roubando um carro. Esse senhor teria tentado impedir a briga do casal e por isso foi atacado.

Essa agressão foi registrada às 21h56 de quarta-feira, na Rua Ernesto José Pigatto, Vila Monte Alegre, em Paulinia. Leonardo Juliano Alves, de 22 anos, morador de Paulinia, morreu depois de bater o carro roubado, um Celta, de frente com uma carreta de cana-de-acúçar.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio por motivo fútil e as vítimas ficaram internadas em estado grave, pois tiveram afundamento no crânio.

O caso é investigado pela Polícia Civil de Paulinia.

O acidente chegou a ser registrado no plantão de Botucatu onde não se tinha a identificação do motorista devido a gravidade do acidente. Em seguida, com o cruzamento das informações chegou-se à mesma pessoa que havia acatado a jovem e o idoso em Paulinia.

(do 14News)