Nesta quinta-feira, 29 de abril, a Polícia Civil confirmou a localização de mais 3 investigados por envolvimento com o ataque contra o Banco do Brasil em Botucatu, crime praticado no dia 30 de julho do ano passado.

Dois foram presos e outro morto durante confronto com a Polícia Militar, segundo informou a Seccional de Botucatu. Com isso, já são 15 entre os localizados até agora.

Um deles foi preso em uma ocorrência de violência doméstica. O segundo estava com condenação e acabou localizado. O terceiro morreu em decorrência de intervenção policial militar. Todos estavam com as prisões temporárias decretadas por Botucatu em razão da investigação da DIG – Delegacia de Investigações Gerais em relação ao roubo do Banco do Brasil.

As duas prisões e a ocorrência em que o outro investigado morreu foram registradas em São Paulo.



O ataque ocorreu quando a quadrilha invadiu a cidade, colocou fogo em frente ao batalhão da PM. Caminhões foram incendiados nas rodovias de acesso a Botucatu. Motoristas também foram feitos reféns. Houve enfrentamento com a polícia.

Agora a polícia tenta prender outros 1 envolvidos no crime.