Um homem armado de faca invadiu um ônibus por volta das 10h dessa sexta-feira (04), na Vila São Lúcio, em Botucatu (SP).

Essa pessoa de 30 anos é paciente de uma clínica de dependentes. Ele estava acompanhado do dona da clínica e um monitor.

Eles estavam se dirigindo para a agência da Caixa para que ele recebesse seu auxílio, mas ao descer do carro saiu correndo.

Ao ser cercado, colocou a mão na cintura onde estava com faca e o funcionário se afastou, sendo acompanhado de longe, e entrou em um ônibus.

O coletivo foi encontrado pela Polícia Militar na Rua Coronel Fonseca na linha Cohab – Vila Aparecida, estacionado perto do viaduto, onde os passageiros já estavam do lado de fora, e o homem armado de faca ameaçou o policial, que se afastou, sacou de uma arma de choque para fazer a imobilização.

Depois o interno foi levado à delegacia e novamente para a clínica.

O registro dos policiais diz o seguinte:

“Paramos próximo de do autor e na função de encarregado da viatura, desembarquei e tentei abordá-lo, momento em que ele sacou de uma faca que estava na sua cintura e apontou na minha direção me ameaçando, sendo que de pronto, me afastei, seguindo à risca o preconizado no POP para indivíduos armados com arma branca (faca), enquanto que o autor saiu correndo para a rua Damião Pereira Machado, enquanto me apossei da arma de Incapacitação neuromuscular (spark), e na altura do numeral 561, o autor foi novamente abordado e por estar ainda muito agitado e não seguindo todas as ordens por mim emanadas, realizei um disparo com a spark – numeração ss0000977 – utilizando o cartucho número 00252682, lote 07618, validade 07/2023, conseguindo deter autor, que caiu ao solo, sendo de imediato desarmado, algemado e conduzido até a 1ª central de flagrantes onde a autoridade de plantão tomou ciência dos fatos elaborando o TC 900016/2020 de natureza desacato, além do auto de exibição e apreensão da faca liberando o autor logo após, que foi acompanhado e depois de ficar mais calmo, foi reconduzido ao interior do veículo para retornar a clínica de recuperação para então ser entregue para um de seus familiares. Devido ao uso da spark restou um pequeno ferimento no abdômen, superficial, tendo em vista que os dardos ficaram presos na sua blusa . Foi feito uso de algemas conforme súmula vinculante 11, devido ao receio de uma nova fuga, bem como resguardar a integridade física do autor e da equipe”.