Nesta quarta-feira (18), uma denúncia anônima, levou uma equipe do GPA – Grupo de Proteção Ambiental ga Guarda Municipal de Botucatu, até uma residência, onde um animal silvestre era mantido em cativeiro.

A equipe esteve no local e a moradora franqueou a entrada dos guardas. Ao ser questionada, informou que tinha um Sagui preso em uma gaiola.

A moradora foi orientada sobre a necessidade de autorização do Ibama para manter o Sagui em casa e revelou não ter o documento.

O animal que pertence a sua filha, foi apreendido e encaminhado a 1ª Central de Polícia, onde foi lavrado o termo circunstanciado pelo doutor Marcelo Lanhoso de Lima.

Em seguida o animal foi levado ao Cempas-Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens, onde ficou aos cuidados de profissionais.

 

Curta o Facebook do Agência14News e fique por dentro das notícias de Botucatu e região: www.facebook.com/agencia14news

(do Agência14News)