Na manhã desta segunda-feira (07), a Guarda Civil Municipal foi acionada através do 199 para atender uma ocorrência na agência da Caixa, localizada na Avenida Vital Brazil, no centro de Botucatu (SP).

O correntista informou aos guardas que tentou realizar o pagamento de uma fatura com o seu cartão no terminal de autoatendimento.

Ele colocou o cartão no caixa quando notou que a tela escureceu e a operação não foi realizada. Em seguida, tentou retirar o cartão, mas não conseguiu.

Nesse instante se aproximou um homem de cerca de 30 anos, branco, estatura mediana, trajando bermuda e camiseta branca, prontificando-se em ajudá-lo, dizendo que tinha um irmão que trabalhava na agência. Assim, pediu para a vítima passar o número de seu telefone celular, o que foi feito. Uma mulher ligou para o seu telefone pedindo para que ele passasse a sua senha.

Logo ele percebeu que se tratava de um golpe. Segundo a GCM, em seguida, o golpista fugiu.

A ocorrência foi apresentada para a autoridade policial, delegado Mauro Rodrigues dos Santos no plantão da Polícia Civil. A Polícia Científica foi ao local e removeu o equipamento conhecido como “chupa-cabra” que estava instalado no caixa eletrônico, bem como o cartão da vítima, que foi retirado e devolvido.