27 de janeiro de 2022

Desde 2015 | A informação começa aqui!

Um é preso e outro morre após furto em propriedade de vereador que é PM reformado

Na noite desta sexta-feira (14/01), um furto em uma propriedade rural de Conchas (SP) terminou com um bandido preso e outro morreu, segundo as informações do Setor de Comunicação do Batalhão da Polícia Militar.

A PM informa que tudo começou quando foi comunicada de um furto na propriedade localizada no quilômetro 203,3 da Rodovia Marechal Rondon (SP 300), pertencente ao policial militar reformado soldado Antonelli, atual vereador filiado ao PRTB, que inclusive estaria se deslocando para o endereço.

“Ao chegar no local a equipe se deparou com vultos no interior do imóvel, ato contínuo, os indivíduos perceberam a presença policial e tentaram se evadir. Diante disso foi percebido que um dos meliantes (que estava na área externa à residência) conseguiu se evadir sentido matagal. O segundo foi detido na entrada do imóvel, sendo Vanderlei P. Foi observado que do lado de fora do alambrado havia uma TV de 20’ e um micro-ondas, além de um Fiat/Palio, o qual estava sendo utilizado na ação delituosa. Foi solicitado apoio à rede rádio. Compareceram as viaturas da 3ª cia, CFP e duas equipes de Força Tática. a equipe do 1º SGT PM Tocchio se deslocou ao plantão permanente onde, em companhia da vítima, foi apresentado ao delegado de polícia Dr. Valdir Rosa: o indiciado e a res furtiva, tendo sido ratificada a voz de prisão, e o indivíduo permaneceu preso e os objetos foram entregues à vítima”, relata a polícia.

Troca de tiros durante a fuga

Ainda segundo a polícia, “em paralelo a isso, quando houve a solicitação de apoio na rede rádio, as equipes de força tática se deslocaram para apoiar, de modo que a I-12107, composta pelo 1º SGT PM 117.178-0 Marques e pelo SD PM 147.228-3 Zorzato partiu em patrulhamento com vistas ao fugitivo”.

“Por volta das 21h45 esta equipe se deparou com um homem andando às margens da rodovia Marechal Rondon (km 198) e, haja vista a ocorrência pretérita, iniciaram tentativa de abordagem. Ocorre que assim que o meliante percebera a equipe policial empreendeu fuga sentido oposto ao da rodovia (intuito de adentrar o matagal) e arremessando objetos como óculos, relógio, colar e afins no solo. Imediatamente a equipe desembarcou e foi em seu encalço, de modo que poucos metros depois, o homem sacou um revólver, o qual posterior foi verificado se tratar de um revolver marca Taurus oxidado preto cal 38, com numeração suprimida, capacidade para seis cartuchos, municiado com cinco cartuchos intactos e um deflagrado, virou-se em direção da equipe e efetuou um disparo. Cada um dos policiais revidou com dois disparos com suas pistolas cargas da PMESP, sendo elas ambas Glocks g22 calibre .40 s&w, capacidade para 15 cartuchos cada”.

“O criminoso, Aguinaldo de O. foi alvejado com dois tiros (um no ombro direito e outro na costela direita, ambos entrada na área frontal e dois saída nas costas) e caíra de bruços ao solo. Ato contínuo o graduado o desarmou para garantir a segurança da equipe e acionara o resgate, ao passo que os policiais saíram ilesos. A ambulância municipal (emplacamento GJU-3D68) de enfermeira encarregada Lide Silva Oliveira prestou socorro ao PS Municipal de Conchas, por volta de 22h15, onde foi atendido pelo médico Vinícius Nobre Ferraz CRM 167.326. Porém, instantes após o socorro ele foi a óbito”, continua a nota da PM.

Por fim, no fechamento da ocorrência, a PM relata que “o local foi preservado e periciado por volta da 00h00 pela equipe de perito Thiago, fotógrafo Rafael e viatura s-1353. Compareceram no local dos fatos o CMT interino de batalhão, Major PM Cagliari, o CMT Cia Tática, CAP PM M Alves, o supervisor regional, 1º TEN PM Romeiro, o PPJM, 1º TEN PM Pimentel e o CFP. A Ocorrência foi apresentada no plantão de polícia judiciária, onde o Delegado, Dr. Valdir Rosa, ratificou a voz de prisão em desfavor de Vanderlei, sendo lavrado o BOPC 59/2022, natureza Furto qualificado/Homicídio simples, e as armas dos militares do Estado envolvidos na MDIP foram apreendidas para perícia. Oficial de Permanência da Correg PM, 1° Ten PM Bonadio ciente. Foi instaurada a Portaria de IPM n° 12BPMI-002/13/22”.

O caso também é apurado paralelamente pela Polícia Civil. (do 14News e Polícia Militar – Foto arquivo).

Redação 14 News

Redação 14 News

Você pode gostar também

Fique informado

Receba nossas news em seu e-mail.

Publicidade

Mais recentes